Licenciados a mais?

Esta pergunta é normalmente muito confusa, para muita gente! Sempre que surge a questão, a grande maioria insurge-se contra ela, começa a disparar em todas as direcções, e depois acalmam quando confrontados com a realidade.

Porque querem todos ser licenciados? Porque, infelizmente, sobretudo em países como o nosso, não é normalmente a meritocracia que conta, mas sim o canudo. E há a perceção que quem mais títulos académicos tem, mais ganha. E, para quem pensa assim, é uma afronta pensar que o licenciado tem que fazer outro trabalho qualquer…

Vem este artigo a propósito de mais uma análise internacional sobre o tema. Saiu uma referência no Slashdot no início desta semana, a apontar para um estudo das Estatísticas Canadianas (INE de lá) a apontar para uma sobrequalificação dos licenciados Canadianos recentes. Aí se evidencia que 40% dos licenciados com idades entre os 25 e 34 anos tinham qualificações a mais para o trabalho que desenvolviam. A maioria dos licenciados com qualificações a mais eram das Humanidades, Ciências Sociais, Direito e Gestão.

Atrevo-me a dizer que o problema não é um exclusivo obviamente do Canadá. Há muitos a considerar que há uma bolha na Educação. Segundo um artigo do Wall Street Journal, mais de 15% dos taxistas Americanos têm uma licenciatura, contra 1% de há quatro décadas atrás. O problema nos Estados Unidos, e também noutros países, está fortemente relacionado com os custos/empréstimos do Ensino Superior. Mas, por cá, o problema é semelhante, e quando alguém alerta para o problema, não faltam entrincheirados prontos a responder

É claro que este provincialismo e apego ao canudo se vai pagar no futuro. As empresas estão mais viradas para resolver problemas concretos, e aspiram a quem resolva problemas, e não a quem tem simplesmente um canudo. Se tiverem um canudo e forem bons a resolver problemas, terão saída; os outros, não.

Se chegou aqui e está indignado com o que escrevo, é possível ter uma visão sobre o que aí vem. O Google, por exemplo, contrata cada vez mais pessoas que nunca foram para uma Universidade. Isto depois de no passado ter feito perguntas demasiado inteligentes aos candidatos… Há profissões que permitem ganhar muito dinheiro sem licenciatura… Para isso, há que nos aplicarmos!

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *