4 por cento?

Serão mesmo 4% ?

Serão mesmo 4% ?

Ainda recentemente reflectíamos sobre a beleza dos números, e como Jim Davenport nos mostrava excelentes exemplos de representação dos dados em gráficos e infográficos.

Infelizmente, sabemos que muitas vezes esses números são também muito maltratados! Tal é o exemplo da imagem ao lado, retirada de um produto para cabelos. Como podem ver, é referido que o produto é 4% melhor que em placebo. Mas 4% realmente não é muito! Portanto, há que criar uma imagem apelativa, que dê ideia de que o produto seja muito melhor do que aquilo que efectivamente é!

Se olharmos com atenção, e fizermos uma pequena medição, o aumento gráfico é na verdade de cerca de 100%! Da próxima vez que olharem para um gráfico, olhem-no de um ponto de vista crítico, e não se deixem enganar!

Outros posts do A.Sousa:

[Publicidade]


[Publicidade]

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>