Ciência e Religião

De que serve a encíclica para as pessoas do terceiro Mundo?

De que serve a encíclica para as pessoas do terceiro Mundo?

Todos temos a noção de que quando há misturas entre Ciência e Religião, a coisa não vai acabar bem. Foi assim há 500 anos com Galileu, mas muitos mais exemplos existem. E o exemplo da semana passada não me parece que vai correr bem.

O Papa lançou uma encíclica nova. O que normalmente não é notícia, apareceu por todo o lado, em muitos meios ligados à Ciência, o que é claramente um outlier… O clamor que se seguiu sugeriu-me uma boa teoria da conspiração, mas adiante… Aliás, sou todo a favor da poupança, conservação de recursos, e por isso a moral até se digere…

A coisa ficou todavia muito mais negra quando li este artigo do Zero Hedge. Fala sobre um professor Alemão, John Schellnhuber, que aparentemente tem uma visão radical sobre as alterações climáticas. Uma pesquisa online rápida revela que isso é capaz de ser bem verdade (ver por exemplo este artigo, com muitas referências).

Na verdade, seguindo os links, percebe-se que este John Schellnhuber gostaria que o Planeta tivesse apenas um bilião de pessoas. Não sei o que é que o Papa Francisco pensa disto, mas talvez mandar as restantes todas para o purgatório, será? E como é que vai ser com os Católicos? Como são cerca de dois mil milhões, o que fazer a metade?

Para apimentar a coisa, o Papa Francisco resolveu torná-lo membro da Pontifícia Academia de Ciência e participou mesmo no lançamento da Encíclica! Uma religião que tem uma visão claramente retrógrada, como só admitir o preservativo em determinadas situações, alinha agora com aqueles que dizem que o planeta não devia ter mais de um bilião de pessoas???

Infelizmente, esta ideia de que o Planeta Terra tem gente a mais, e que é preciso exterminar uns quantos, têm surpreendentemente muitos mais adeptos do que alguma vez pensava. Uma rápida pesquisa pela Internet revela-nos isso, mas este artigo é surpreendente pela informação que condensa, e os links que referencia, e que não deixam dúvida de que as personagens disseram mesmo estas afirmações sem perdão! Mas tenham atenção, pois o que essas personagens disseram é suficiente para nos dar vómito!

E o problema e que há mais, como o marido da Rainha de Inglaterra, que escreveu num livro “I must confess that I am tempted to ask for reincarnation as a particularly deadly virus“. Ou pela mensagem transmitida por Hollywood, no filme Kingsman, em que o tema é abordado, mas felizmente alguém acaba com a ideia de exterminar a raça humana, apesar de uma das cenas possivelmente mais violenta dos últimos tempos, enquadrada numa igreja, conforme podem ver abaixo.

Enfim, para mim tudo isto é uma surpresa total. Da parte dos “cientistas”, nada que me vá admirando, no estado em que está a Ciência. Agora, que o Papa se meta nestes domínios, é verdadeiramente surpreendente. E, a esta velocidade, fará de Hitler e das suas ideias de controlo populacional, um autêntico sacristão…

Tags: ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *