Empréstimos P2P

Esteja atento...

Esteja atento…

No outro dia, um leitor deixou um comentário no site a referenciar um projecto de empréstimos P2P. Na verdade, nunca abordámos aqui o tema, como vários outros, por uma razão muito simples: estamos escaldados com os esquemas

Este tipo de actividade financeira tem muito por onde se lhe pegar. Eu, da minha parte, continuo na minha: quando a esmola é grande, o pobre desconfia!

O melhor exemplo é o da E-zubao. A E-zubao prometia rentabilidades entre 9 e 14.6%, muito superior que as taxas dos bancos Chineses. No final, mais de um milhão de Chineses perderam cerca de 7.6 mil milhões de dólares, no que foi claramente mais um esquema Ponzi, e referenciado como aquele que mais pessoas afectou até hoje, embora esses não conheçam o nosso Rui Salvador. Na China, é todavia tudo em grande, e um artigo dá conta de cerca de 3600 plataformas P2P naquele país.

Chame-se o que se chamar, tenham muito cuidado em enfiar o vosso dinheiro nestes negócios. Nem que sejam 10 euros! As promessas de bons lucros, com muitos % à mistura, são logo sinal para desconfiar. E não caiam na tentação daqueles que anunciam que isto são financiamentos, depósitos, investimentos, ou uma nova forma de ver a Economia…

Tags: ,

{ 3 comments to read ... please submit one more! }

  1. Comentário esse feito por mim e que ainda aguarda ser aprovado. E mais vezes gostava de ter comentado alguns artigos, para acrescentar ou esclarecer algo, mas acabo sem motivação para o fazer.

    Quanto ao assunto deste artigo, concordo e é o mesmo que digo sempre, cuidado com os esquemas… mas há que ter espírito aberto (e talvez de aventura), para perceber que nem todas as plataformas são esquemas, veja-se o caso da portuguesa Raize que tem sido notícia em vários meios de comunicação, pela forma como está a ajudar as pequenas empresas a obter financiamento através dos empréstimos de pessoas “vulgares”!

  2. Dav7,
    Efectivamente, o seu comentário foi o que motivou o artigo. Ficou bloqueado pela inserção de um link.
    Nem todas serão esquema, certamente que não. Mas numa altura em que as taxas estão próximas de zero, aunciar retornos superiores a 6%, para mim é para desconfiar.
    Quanto ao facto de ser notícia nos Media, não quer dizer nada. Ou quase nada… Porque o esquema do Rui Salvador também foi inicialmente elogiado por alguns deles.

  3. Eu acompanhei a história do Rui desde o início, e desde o início que avisei quem me segue para os riscos que saltavam à vista. E nunca vi o Libertagia aparecer em programas do Económico TV, SIC noticias, ou a vencer o prémio NOS Inovação 2015, entre outros!

    Continuo a achar que, dado o tema deste blog, devia dar uma vista de olhos à Raize porque é mesmo uma plataforma interessante (até parace que trabalho para eles).

{ 0 Pingbacks/Trackbacks }

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *