Análise de tráfego TomTom

A TomTom revelou um estudo do tráfego em múltiplas cidades do Mundo, no que designa por Índice de tráfego TomTom. Desde 2007 que este fabricante de equipamentos de GPS estuda como guiar os condutores de uma forma mais precisa até ao destino. Com o suporte de milhões de clientes, capturaram dados de tráfego anónimos, que agora disponibilizam com este valor acrescentado.

O resumo do ano passado, para a Europa, está disponível neste documento. Aí se verifica que o maior congestionamento de tráfego se verificou em Moscovo, seguido de Istanbul e Palermo. Lisboa aparece na 24ª posição e o Porto em 44º.

Nos dados mais pormenorizados, calcula-se que durante um ano, um lisboeta que tenha um percurso de 30 minutos entre casa e o emprego, perda durante um ano 74 horas, ligeiramente mais de 3 dias, devido a atrasos. No caso do Porto, a perda anual é de 61 horas.

Durante a semana, em ambas as cidades, a terça-feira foi o dia da semana em que mais tempo se perdeu no trânsito, enquanto à tarde são as sexta-feiras as que nos fazem perder mais tempo no trânsito, conforme se pode ver nas imagens abaixo. No ano de 2013, o dia 19 de Dezembro foi o de maior confusão na capital, enquanto no Porto tal ocorreu a 27 de Setembro. No caso da capital, a greve no metro parece ter sido o factor catalisador, enquanto no Porto parecem ter contribuído vários factores, como um acidente significativo e as tradicionais obras à portuguesa

O estudo revela vários pormenores interessantes para outras cidades europeias, revelando subrepticiamente vários pormenores culturais e sociológicos…

Estatísticas TomTom para Lisboa

Estatísticas TomTom para Lisboa

Estat

Estatísticas TomTom para porto

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *