Custo da factura da água

Aumento da água

Aumento da água

No passado ano, havíamos referenciado uma análise aos custos da água em Portugal. Este ano, a ERSAR voltou a efectuar uma análise dos custos, que foi nomeadamente referenciada no Público.

Uma das conclusões interessantes é que os Portugueses terão pago, “em média, mais 8% na factura da água, saneamento e tratamento de lixo em 2012 do que no ano anterior“. Mas quando se observa o aumento das parcelas que compoem o preço da factura, na imagem ao lado, não é a água que aumenta mais, mas sim o saneamento e os resíduos.

Mas, a leitura do artigo deixa-me várias interrogações. Segundo Armando Varela, presidente da autarquia de Sousel (onde se registou o segundo maior aumento em termos percentuais), a empresa que presta o serviço a esse município, a Valnor, tem uns módicos dois milhões de euros de lucro por ano, e como ele diz, “o lixo não é para ganhar dinheiro“. O que levanta naturais questões sobre todo este negócio. Aliás, algo com contornos semelhantes aos que referenciamos ainda recentemente relativamente à Valorpneu.

Estas empresas, que por um lado nos incentivam a reduzir, reutilizar e reciclar resíduos, por outro lado sugam o nosso dinheiro nestas taxas, neste caso na factura da água. E elas são cada vez maiores, como se podem ver no gráfico.

Logo, e mesmo que reduza e reutilize, só há uma forma de poupar na factura. Como estas taxas estão indexadas ao seu consumo de água, quanto menos água consumir, menos taxas pagará. Por isso, não deixe de dar uma vista de olhos na nossa etiqueta da água.

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *