ERSE aumenta electricidade outra vez, porquê?

Vejam lá se não é confuso?

Já sabemos que a lógica da ERSE para o preço da electricidade é: sobe, porque tem que subir!

Há 3 anos, a ERSE anunciou a subida porque, entre outras coisas, estavamos a poupar demais.

Há 2 anos, a ERSE disse que a subida se ficava a dever a preços elevados dos combustíveis fósseis, nomeadamente do gás natural, e também novamente a um menor consumo.

No ano passado, a principal justificação da ERSE para a subida que se verificou este ano foi o serviço da dívida da PRE, bem como do aumento do consumo.

Para este ano, estava à espera de uma justificação nova. Aumentar ou diminuir o consumo, tanto faz. Como os combustíveis fósseis desceram dramaticamente, também não podia ser por aí…

Este ano, a ERSE já só tem uma justificação: o serviço da dívida! Este ano é só uma a justificação, mas a subida para a grande maioria dos consumidores será maior. Mas que dívida é esta?

Parece que as eólicas culpadas estão novamente na origem do problema! No relatório da ERSE está lá que “Este acréscimo decorre em grande parte da amortização, acrescida dos respetivos juros, do diferimento do diferencial do custo da PRE de 2015.” E as eólicas são a maior parte da PRE, e a sua culpa já a notificamos aqui em vários artigos, como este. Há realmente uma referência aos combustíveis fósseis, mas curiosamente para dizer que agora já não importa muito… Quando o preço do petróleo voltar a subir, deverá voltar a ser um factor importante!

É absolutamente vergonhoso o comportamento do Regulador. São mais 2.5% na factura da electricidade! Em vez de andar a baixar os subsídios às eólicas, faz o que é mais fácil, que é subir a electricidade a todos nós! Não têm perdão!

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *