Tamanho das notas

Quando se fala de dinheiro, poucas vezes nos lembramos sobre o tamanho das notas. É porque não é só o valor que distingue uma nota de 5€ de uma de 500€…

Este documento do Banco Central Holandês, dá-nos uma visão diferente sobre as notas que tradicionalmente utilizamos. Por um lado, não há como enganar que as notas são cada vez mais pequenas, e entre outras razões, eles admitem que os menores custos de produção, armazenamento e transporte são responsáveis por essa tendência.

Curiosamente, eles enumeram os requisitos que os utilizadores têm das notas. São pelo menos cinco os requisitos dos vários intervenientes:

  • As notas devem caber dentro das carteiras
  • As notas devem ser fáceis de inserir dentro dos receptores de notas
  • Devem ir de encontro às necessidades dos invisuais
  • Devem impossibilitar a fraude
  • Devem ser de fácil processamento para os Bancos Centrais e intervenientes profissionais

O documento conta algumas histórias interessantes, como o facto de algumas notas de maior denominação do euro não caberem nas carteiras de alguns europeus. A forma como os invisuais discernem as notas é igualmente interessante, como podem ver na imagem abaixo. No quarto requisito, o documento até explica como algumas fraudes são cometidas… O resto do documento tem bastantes mais exemplos interessantes, que não nos enriquecem, mas que nos dão uma visão diferente das notas…

Como os invisuais distinguem as notas

Como os invisuais distinguem as notas

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *