Trabalho na Alemanha

Há uns dias, li mais um daqueles artigos de jornal a comparar o trabalho em Portugal e na Alemanha. O título da notícia é sugestivo, a referenciar que em Portugal trabalha-se mais 486 horas por ano que na Alemanha. Segundo a notícia, a Alemanha é o país da União Europeia onde se trabalha menos horas, com uma média de 1371 horas, enquanto em Portugal se efectuam 1857 horas.

Depois de ler este pedaço, e provavelmente em função de interiorizações anteriores, já terá definido uma posição. Eu também a tinha, mas sou uma pessoa aberta. Por isso, continuei a ler o artigo, pois parece que há algo que não bate certo, pois eles são mais ricos que nós…

A primeira dica que explica este fenómeno tem a ver com a produtividade. Na Alemanha é de 126.6 (o artigo não diz que unidades) enquanto Portugal se fica pela metade, com 65.3. Depois, o artigo explica que o trabalho em tempo parcial tem um impacto importante na média. Em Portugal, essa boa prática é bastante diminuta, (11%), enquanto na Alemanha é encorajada (22.3%).

Uma pequena pesquisa na Internet dá-nos mais pistas. Neste estudo cultural do Knote, passamos a entender porque os Alemães trabalham menos horas, mas produzem mais. No trabalho, mantêm-se focados e diligentes. A comunicação directa é incentivada. Todavia, enquanto trabalho é trabalho, fora do horário de trabalho não se discute trabalho.

É claro que isto das análises e estatísticas pode ser manipulado. O próprio site do Knote dá um exemplo em como até os Franceses parecem ser mais produtivos que os Alemães. É claro que podemos continuar com argumentos, prós e contras…  Mas interessante é experimentar essa realidade distinta da nossa. Deixo-vos um vídeo produzido pela BBC, para entender esse mesmo fenómeno. É que eles olham para os Alemães como nós… Vale a pena vê-lo todo:

Tags:

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *