Tráfego de formigas

Num artigo que pelo menos merecerá uma menção para os prémios Ig Nobel, uns cientistas alemães andaram a estudar como as formigas se comportam em termos de tráfego e velocidade nos seus carreirinhos…

Como o artigo completo é pago, a melhor descrição que encontrei online foi este artigo do Washington Post. Parece que uma das conclusões principais do estudo é que quanto mais formigas existem num trilho, mais rapidamente elas se deslocam! O que para mim não é uma conclusão surpreendente, até porque se há muitas formigas, deve haver um interesse elevado, e como formigas que são, devem estar interessadas em maximizar o alimento transportado de volta para o formigueiro!

Outra observação interessante foi a de que nunca se verificou um congestionamento no trânsito! Por mais velocidade, e por mais formigas que houvesse (parece que chegaram às centenas de milhares), nunca observaram um congestionamento! Verificaram vários acidentes/colisões, a maior parte de frente, mas nem isso as abrandava! E se uma formiga circulava mais lentamente, as ultrapassagens eram sobretudo pela direita…

O artigo é delicioso, e eu admiro as formigas. Embora não goste que invadam o meu domínio! Na verdade, acho que a comparação com a condução não é adequada, porque o mais comparado connosco seria talvez comparar com o tráfego de peões… Ou então, incorporar estes conhecimentos nos futuros carros sem condutores? Enfim, deixo-vos um vídeo do Youtube que mostra que elas até podem circular rápido, mas que as auto-estradas delas parecem ter também curvas:

Tags:

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *