A força da gravidade

Quando procuramos melhorar os níveis de consumo de combustível de um automóvel, alguns conceitos de física podem revelar-se importantes. Um deles está relacionado com as subidas e descidas que são frequentes em determinadas cidades, como é o caso de Lisboa. Muitos já terão certamente experimentado como é possível deixar embalar o carro, numa descida em túnel, por exemplo, e deixá-lo subir sozinho na subida de saída do túnel. Normalmente chegarão ao final da subida do túnel a uma velocidade inferior à que iniciaram a descida, considerando-se obviamente altitudes idênticas.

O problema pode verificar-se quando no fundo da descida há um semáforo, ou outro obstáculo, que possa obrigar a parar, e assim desperdiçar energia potencial. Nestes casos pode ser interessante travar, ou reduzir a velocidade antes de chegar ao fundo da descida, potenciando o aproveitamento de parte da energia acumulada. Nesses casos o objectivo é chegar ao obstáculo sem que tenha que travar, e assim não perder toda a energia potencial que adquiriu. Isso poderá incomodar os que o precedem, pelo que só o deve fazer quando conhecer bem os locais e timings associados…

 

Tags: ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *