Começar a poupar cedo

A aprendizagem da poupança é cada vez mais difícil. E quem tem miúdos em casa sabe que esse é um conceito difícil de transmitir aos mais novos. Este é o primeiro artigo duma série em que transmitiremos algumas dicas que podem ser importantes para que as crianças assimilem alguns conceitos importantes associados à poupança, seja ou não do tipo financeiro.

Começaremos esta série numa idade muito tenra, até porque é de pequenino que se torce o pepino. Pelos 3 anos, as crianças precisam de apreender o conceito de paciência. Quando elas pedem, se não há uma resposta rápida, uma choradeira seguir-se-á certamente. Uma forma é retardar a gratificação, e isso é um dos conceitos mais importantes para o resto das suas vidas…

Mas como consegui-lo? Se a criança pede, por exemplo, uma bolacha, podemos dizer-lhe que a damos já, ou que lhe damos duas daqui a 10 minutos. Isto presume que ela obviamente está sem fome, e que se lhe dermos agora a bolacha, não lhe daremos outra daqui a 10 minutos!

Agora é deixar a criança a pensar! Devemos encorajá-la a esperar 10 minutos, e a lição será rapidamente interiorizada. Quando a criança se habituar a esperar por uma recompensa maior, o seu conceito de poupança será rapidamente reforçado!

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *