Como a humidade se propaga

A humidade propaga-se em nossas casas, para dentro ou para fora, em três formas distintas:

  • correntes de ar
  • transferências de calor
  • difusão através de materiais

Destas três formas, as correntes de ar são responsáveis por 98% dos movimentos de humidade. O ar move-se naturalmente de uma zona de maior pressão para uma de menor pressão, normalmente nas nossas casas através de buracos e fendas. Nesse sentido, a obstrução desses buracos e fendas inpede essas circulações de ar e potencialmente humidade.

As outras duas formas, por transferências de calor e difusão através de materiais, são muito mais lentas, mas implacáveis. Os edifícios modernos, com os materiais de construção mais recentes e melhores isolamentos, contribuíram para baixar significativamente a importância destes dois factores.

Como vimos neste artigo, em que falamos sobre a formação da condensação há muitas situações que levam à formação de humidade em nossas casas. Para minimizar a propagação de humidade, temos várias opções, mas uma das mais eficientes passa pela redução da humidade, o mais rapidamente possível. Como é fácil de perceber, o aumento da temperatura também reduz as hipóteses de condensação dessa humidade. A ventilação é igualmente uma opção, mas devemos ter em atenção que, por vezes, a humidade relativa exterior também é elevada…

Tags: ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *