debtree

No exercício de criar uma máquina virtual de Linux o mais pequena possível, um dos principais estratagemas é remover o maior conjunto de pacotes de aplicações possível. Tal não é particularmente fácil, pelo conjunto de dependências existente.

Um pequeno utilitário que serve para estas ocasiões é o debtree. Dá-nos uma representação gráfica dessas dependências. No exemplo abaixo está referenciado o pacote do firefox do Linux Mint Rafaela, que é a versão que estou a procurar minificar (a imagem é muito grande, tem que se clicar para ver melhor). Vejam como o conjunto de dependências é muito significativo:

firefox no debtree

firefox no debtree

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *