Desconto efectivo no Continente

Nos últimos meses tenho vindo a recolher sistematicamente todas as facturas do Continente, onde habitualmente faço as compras. O objectivo era determinar qual a percentagem efectiva de desconto que se consegue, no meio dos diversos tipos de promoções. As promoções são muitas vezes uma ilusão, pelo que interessava descobrir qual é o desconto médio que se consegue…

Nestas contas juntei facturas num valor total de 1422,24€, das quais paguei apenas 1083,04€. A poupança de 339,20€ representa assim uma poupança de 23,85%, um valor que me surpreendeu pela positiva! Desse valor, 307,32€ tiveram origem no cartão Continente, em função de descontos originados no próprio Continente, 29,13€ tiveram origem nos talões oriundos da GALP e finalmente 2,75€ tiveram origem em talões de fornecedores.

Destes valores, analisei ainda donde apareceram os valores de desconto que tiveram origem no Continente. 41,6% tiveram origem em descontos em artigos, que incluem os talões de artigos que se recebe em casa, bem como os artigos que têm desconto em cartão, na loja. 18,15% tiveram origem no desconto de 10%, com mais 35,7% a resultarem dos 75% de desconto, enquanto os 4,5% restantes resultam dos 5€ de descontos que o Continente dá por cada 500€ de compras.

Deve notar-se que esta é uma estratégia de compras não consumista. Ou seja, compra-se aquilo que é estritamente necessário. E o objectivo não foi maximizar a percentagem, mas sim minimizar o valor pago! Tal implicou muitas vezes a compra de produtos fora de promoções, porque eram simplesmente… mais baratos! Eu vou continuar a recolher facturas; tente também, para depois podermos comparar…

Tags:

{ 12 comments to read ... please submit one more! }

  1. Esta semana não houve provocações no Podcast, mas esta merecia mesmo ser comparada com a promoção cruzada do combustível na Galp.

  2. Boa tarde. Considero que será importante perceber se perante o cabaz de compras habitual não existirão alternativas mais baratas e onde não seja necessário pagar adiantado. Se não vejamos: Durante um período largo do ano passado e este ano, fixei-me nas promoções e descontos em cartão, em talão e em cupão do continente e procurava rentabilizar ao máximo a sua utilização. Também sempre numa perspetiva de poupança e de não comprar só por comprar. Até que comecei a reparar em alguns aspetos: durante as campanhas encontrei alguns produtos anunciados como marca E do continente, com igual equivalência económica em supermercados como o lidl e o mini preço. Conseguia sempre encontrar produtos mais baratos (também de marca branca é claro) nestes supermercados (que também têm campanhas de desconto) como por ex. no lidl: água de 1,5 l; queijo fatiado, fiambre fatiado, carne e frango embalado, batatas, guardanapos, iogurtes líquidos, pão, gelados, bolacha Maria, detergente para a máquina de lavar roupa e loiça, entre outros e no mini preço: pizzas congeladas, pão, alguma fruta, cereais chocapics, ovos M, óleo em garrafão 3l, alguns bolos, detergentes para a loiça, entre outros. Mas aqui o desconto é sempre em caixa. Decidi, então, utilizar os valores acumulados no cartão do Continente em produtos que eu conseguia perceber que tinham o mesmo preço, por exemplo o leite. Contudo, foi muito difícil libertar-me dos descontos, uma vez que o acumular de promoções em cartão se fazia em catadupa e em contínuo.
    Conseguia descobrir também, bombas para abastecimento de combustível com ofertas de desconto muito parecidas (máximo de 12 cêntimos por litro – na BP – senhas LIDL e Repsol – cartão Montepio) mas com preços de bomba ligeiramente mais baixos. Por exemplo neste fim de semana, a Repsol das Olaias tinha o gasóleo a 1,409 e a Galp a 1,414 (todas já com desconto). Optei então por outra estratégia: estar atento às promoções de cada um dos supermercados (através da consulta online dos folhetos promocionais), fazer as contas do desconto efetivo que sugere, e comprar onde for mais barato (para mim o continente fica mais longe, mas se a oportunidade for boa não a descarto, ainda que para obter o desconto tenha de fazer um depósito nos cofre do supermercado adiantado). Habitualmente não utilizo as promoções do pingo doce, porque à parte da promoção de 50% em todas as compras que efetuou (essa sim de valor efetivo), todas as outras que têm feito obrigam a um gasto determinado e/ou incidem sobre produtos de marca, que são seguramente mais caros.Cumprimentos.

  3. Peço desculpa pela incorreção. O desconto em bomba refere-se ao 3º domingo de julho e não ao fim de semana passado.

  4. Mário Duque,

    Excelentes comentários. É só uma questão de fazer contas, e estar atento!

    Eu pessoalmente também dou muito valor ao tempo, pelo que a minha localização também tem impacto na forma como compro. Não é por uns cêntimos que vou fazer mais Kms, certo de que vou pagar aí o combustível.

    Esta ideia germinou há vários meses atrás. Todos podemos fazer estes exercícios simples e comparar! Afinal a Internet proporciona-nos esta troca de ideias e experiências de forma muito fácil! Eu vou continuar a coleccionar talões e facturas, mesmo antes de 2013, e contribuir aqui com as minhas descobertas…

  5. Boa tarde.
    Gostava de saber a sua opinião relativamente ao cartão Jumbo + (mais ao nível dos descontos – por exemplo em relação aos livros escolares poderá chegar aos 15%).
    Cumprimentos.

  6. Não conheço o Jumbo +, pois raramente entro num Jumbo, dado ficar mais distante que os Continentes, LIDLs e Pingo Doces, que estão mais próximos de mim…
    Fui dar uma vista de olhos e parece-me ter o conceito de cartão de crédito por base, o que é logo um perigo para quem se distrai. Achei interessante os 10% de descontos todos os dias em determinados produtos, mas a gestão não se me afigura fácil.
    Os 15% de descontos em livros escolares parecem-me interessantes, e batem a oferta de 10% do Continente. Com o custo a que estão os livros, é certamente uma opção interessante…

  7. Boa dia. Gostava de alertar para a seguinte situação.
    Fiz a encomenda dos livros escolares para os meus filhos através do continente on line para aproveitar os 10% de desconto em cartão. As aulas já começaram há uma semana e ainda não os tenho. Recebi um e-mail ontem, a referir que praticamente todos os livros já estavam disponíveis (faltava o editor entregar um livro) e tentei pagar com a modalidade que escolhi. Não consegui fazer o pagamento porque o sistema não reconheceu o cartão American Express. Liguei para o continente através do número indicado (707…) a expor a situação e mudei a modalidade de pagamento. Em resumo: fiz as contas, e o desconto já não está em 10%. Gasto 4 euros na taxa de entrega e já gastei cerca de 3 euros na chamada que fiz a reportar a situação. Será que vai ficar por aqui? Para além da urgência que tenho dos livros, referiram que iriam reportar a alteração da situação e não me garantiram a entrega no melhor tempo útil.
    Cumprimentos,
    Mário Duque

  8. Boa tarde. Segui o conselho que deixou neste artigo e no princípio do mês decidi começar a registar os produtos nos quais obtive desconto. Seria importante perceber se, perante o desconto e o valor que paguei, existiria outro produto equivalente com preço mais baixo noutra loja… Fica a lista no documento em Excell que envio através do link abaixo.

    https://dl.dropbox.com/u/20419030/M%C3%A1rio/Descontos.xlsx

    A preocupação com a seleção dos artigos foi idêntica: só os bens do dia-a-dia, ou seja, os que se enquadram na minha rotina atual sem consumismo desnecessário.
    O fato de não existirem produtos do Continente está relacionado com o tipo de desconto que aí se obtêm (em cartão). Para além disso, também não existe nenhuma loja na proximidade da minha casa.
    Cumprimentos,
    Mário Duque

  9. Boa tarde.
    Decidi seguir o conselho que deixou neste artigo e desde o início do ano que faço o registo dos descontos que obtive nas diferentes lojas em que fiz as compras.
    A preocupação com a seleção dos artigos foi idêntica: só os bens do dia-a-dia, ou seja, os que se enquadram na minha rotina atual sem consumismo desnecessário.

    https://dl.dropbox.com/u/20419030/M%C3%A1rio/Descontos.xlsx

    O fato de não existirem produtos do Continente está relacionado com o tipo de desconto que aí se obtêm (em cartão). Para além disso, também não existe nenhuma loja na proximidade da minha casa.
    Cumprimentos,
    Mário Duque

{ 1 Pingbacks/Trackbacks }

  1. Desconto em cartão Continente » Poupar Melhor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *