Estremoz pela EN4

Num artigo anterior, havíamos referenciado como a EN4 deveria ser uma excelente alternativa à A6. Nunca a tinha equacionado, em favor da alternativa das nacionais por Évora, mas a elaboração do mapa das estradas rápidas abriu-me os olhos. Por isso, logo que tive uma oportunidade, percorri essa alternativa.

O gráfico seguinte revela as velocidades atingidas numa deslocação de Lisboa para Estremoz, saindo em Montemor Este, e percorrendo a EN4 até ao ponto em que existe a entrada na A6 em Estremoz:

Gráfico velocidades EN4 entre Montemor e Estremoz

Gráfico velocidades EN4 entre Montemor e Estremoz

Pelo percurso que fiz, confirmei que a EN4 não tem qualquer limitação de velocidade, rotunda ou semáforo, a não ser na aproximação a Estremoz. É uma estrada que está num estado que se pode considerar bom, com um traçado bastante rectilíneo, e onde há muitos locais seguros de ultrapassagem. O trânsito mostrou-se sempre fluído, com excepção da parte final do traçado, onde a velocidade decaiu substancialmente, mas sobretudo por causa de um veículo lento.

Esta é assim uma excelente alternativa, como já havíamos referenciado, à A6. Poupei 5.60€, e demorei exactamente 39:16 minutos. Segundo os dados do Google Maps, teria demorado cerca de 41 minutos, o que revela que as estimativas dele são bastante boas. Um percurso equivalente pela A6 demora cerca de 31 minutos, pelo que a perda de tempo também não é substancial…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *