Inércia térmica

Nestas férias de verão tive oportunidade de observar a evolução das temperaturas num quarto com ar condicionado.

Num dos testes que efectuei, o objectivo foi verificar por quanto tempo se manteria o quarto fresco. Das experiências das noites anteriores, sabia que o calor voltava depressa. Tal não era surpreendente, dado que a inércia térmica das paredes seria necessariamente muito elevada.

Na imagem abaixo observa-se a evolução das temperaturas dentro do quarto, enquanto se liga o ar condicionado durante cerca de 25 minutos. A temperatura, medida no extremo oposto ao do ar condicionado, caiu rapidamente depois de ligado o ar condicionado. Todavia, depois de desligado, volta a subir quase tão rapidamente!

Não voltou a atingir os valores antes de ser ligado, mas a verdade é que a tendência durante a noite, e depois durante a madrugada, é a da descida lenta.

Assim sendo, foi-nos providenciando um alívio temporário do calor, mas como se vê, passamos um bocadinho de calor durante as noites…

Inércia térmica num quarto

Inércia térmica num quarto

Tags:

{ 1 comment to read ... please submit second! }

{ 1 Pingbacks/Trackbacks }

  1. Ventoinhas de tecto » Poupar Melhor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *