Mudar de Android sem cloud

A minha mudança para o Nexus 6 tem tido episódios que não esperava que acontecessem. O passo seguinte da mudança, aquele que se me afigurava potencialmente mais difícil, acabou por não o ser…

A dificuldade que eu esperava da mudança dos contactos, SMSs e demais informação, estava relacionada com a estratégia de mudança que eu queria: não envolver a cloud. Ou dito de outra forma, não queria que o Google ficasse com essa informação. Não que eu tenha muito a esconder, mas é uma questão de princípio: a informação é minha! Para garantir que assim fosse, a estratégia foi garantida com um truque simples: todo o processo de mudaça foi efectuado desligado da Internet, sem dados ou wifi.

A primeira parte do processo envolveu a mudança de contactos. A forma mais simples poderia ter sido conseguida quando mudei de SIM. Foi assim que tinha efectuado da última vez que mudei de telemóvel. O que acabei por fazer foi bastante simples. No telemóvel antigo exportei os meus contactos, carregando na lista de contactos das chamadas telefónicas, carregando “Import/export” no menu, depois “Export to .vcf file”, e confirmar o nome do ficheiro onde queremos que sejam colocados os nossos contactos. O ficheiro gerado foi passado para o novo telemóvel por Bluetooth, pois neste ainda não tenho ligação a PC, por causa do USB-C. No novo telemóvel, foi só importar os dados, seleccionando outra vez a lista de contactos, carregando “Import/export” no menu, seleccionando a opção “Import from .vcf file”, et voilá!

Passar os SMSs foi até mais simples do que pensava, dado ser notoriamente difícil a sua exportação/importação. Neste caso recorri à app SMS Backup & Restore, que torna todo o processo muito simples. Depois de instalada nos dois telemóveis, segui a descrição destes procedimentos, copiei novamente os ficheiros por Bluetooth, e de uma forma muito rápida, tinha todos os meus SMSs no novo telemóvel.

Estes dois métodos são ainda interessantes em termos de garantirmos um backup local da nossa informação. Mesmo que façam a sincronização através do Google, não se esqueçam que podem perder o acesso à V/ conta, e os V/ dados serem eventualmente perdidos para sempre…

Tags:

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *