Não perder dinheiro nos impostos

Assembleia da República

Foto por Chris Brown (Flickr, Creative Commons CC-BY)

Uma parte considerável do dinheiro que ganhamos vai parar a impostos (IRS e, no caso de trabalhadores independentes, IVA). No entanto estamos a falar de um tópico que muitas pessoas preferem não preparar e deixar para a última hora. E nessa última hora o que interessa é despachar a declaração dentro do prazo para evitar a multa. Ou quando é depois do prazo, despachar a declaração para evitar que a multa cresça. E nessa pressa de última hora há despesas que não são registadas e, como tal, pagamos mais imposto desnecessariamente.

No entanto há um pequeno hábito familiar que pode poupar tempo e garantir que na altura da declaração está tudo a jeito. Definir um recipiente onde todos os recibos são postos. Ao longo dos anos já vi: caixas de plástico, micas, pastas, sacos e centros de mesa em casquinha com tampa (disfarça perfeitamente em cima da mesa de jantar). Cada vez que há uma despesa de educação, saúde, formação ou relacionada com a actividade profissional, põe-se o recibo lá. Demora apenas uns segundos, e pode facilmente poupar centenas de euros todos os anos, porque na altura de dazer a declaração, as despesas estão todas a jeito.

Notas importantes: deve ser algo simples e rápido. Dossiers que implicam encontrar um furador já é demasiado complicado. Para quem tem filhos, habituem-nos a participar. Será dos hábitos mais rentáveis que eles terão.

 

Tags:

{ 1 comment to read ... please submit second! }

{ 1 Pingbacks/Trackbacks }

  1. Poupar nas compras acima de 25£ » Poupar Melhor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *