Poupar na impressora

A utilização de uma impressora pode originar custos elevados de manutenção. E não estou apenas a falar dos tinteiros e toners caríssimos que costumam consumir. Neste aspecto, o truque mais simples é tentar imprimir sempre em modo rascunho. Dependerá de impressora para impressora, mas o que eu normalmente faço é definir a impressão de rascunho por defeito, seleccionando apenas a impressão normal nos documentos realmente importantes.

Para poupar no papel, tente imprimir, se possível, em frente e verso. Nalgumas impressora poderá ainda imprimir duas (ou mais) páginas por folha, mas a letra poderá ficar imperceptível. Se a impressora não suportar a opção, o software poderá suportar essa compressão da impressão, como é o caso do Acrobat.

Outra boa opção de poupança passa por desligar a impressora quando não é necessária. O que quer dizer quase sempre! Algumas delas consomem bastante em stand-by, e outras mesmo quando estão desligadas no botão! Mas lembre-se que, em qualquer caso, a melhor forma de poupança é evitar imprimir, e tratar tudo electronicamente. Tenderá a poupar no dinheiro, e também nas árvores!

Tags:

{ 1 comment to read ... please submit second! }

{ 1 Pingbacks/Trackbacks }

  1. Poupando com fontes » Poupar Melhor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *