Compostagem

A compostagem é um processo pouco utilizado na Sociedade Moderna, mas que tem raízes ancestrais. O processo consiste na transformação de matéria orgânica por microrganismos, num material semelhante ao solo, e que se designa por composto.

A compostagem é um processo interessante dado que pode converter em algo útil os nossos resíduos domésticos. São exemplo de resíduos a compostar os restos de vegetais e frutas, borras de café, arroz, folhas e erva, etc. Não devem ser compostados restos de carne, peixe, cinzas, ervas daninhas (especialmente com sementes), e qualquer produto químico não natural.

O resultado da compostagem, o composto, poderá ser utilizado como adubo. Ele poderá ser utilizado como nutriente do solo dos jardins e hortas, mas também de vasos e floreiras. É um processo simples e económico, ecologicamente sustentável, dado que contribui para a diminuição dos resíduos. É mais fácil de concretizar quando se possui um jardim, não só porque facilita a colocação do compostor, mas também porque se justifica mais o seu resultado, dado poder utilizar-se posteriormente no próprio jardim.

Um bom guia sobre compostagem pode ser obtido no site da GEOTA, aqui. Com este processo pode assim ajudar a diminuir os seus resíduos, e ainda a tirar partido deles!

Tags:

{ 2 comments to read ... please submit one more! }

{ 2 Pingbacks/Trackbacks }

  1. Guia para compostagem » Poupar Melhor
  1. Os perigos da compostagem » Poupar Melhor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *