Minecraft server no Raspberry Pi

MC-Server - Servidor Minecraft em C++

MC-Server – Servidor Minecraft em C++

Isto vai de mal a pior. Já não jogo ao Minecraft com os miúdos, mas dedico-me a ler como fazer para lhes manter um servidor sempre ligado onde possam ter as suas aventuras e talvez um dia me juntarei, como fazia com o Minecraft PE.

O A.Sousa já me tinha contado como o Minecraft usava os recursos de forma pouco inteligente. Partindo do principio que esses recursos eram em parte consumidos para gerir o mundo onde as aventuras aconteciam, retirar o peso ao computador de gerir esse mundo seria a uma das formas de partilhar uma parte da carga com outra máquina.

O Raspberry Pi tem uma versão reduzida de Minecraft. Infelizmente esta versão não é compatível com as versões que correm nos computadores das crianças.

Procurando na internet, foi possível descobrir como correr o jogo como servidor. No How to geek podem ver como montar um RPi dedicado para o Minecraft, mas implica colocar o RPi em overclock, uma técnica que permite acelerar a velocidade de processamento, mas pode levar a que o sistema danifique o cartão de dados onde correm o sistema operativo.

De acordo com as instruções, vão ter de instalar o Java no RPi. Se como têm o vosso RPi a fazer de centro multimédia, servidor de ficheiros e TimeCapsule, a perspetiva de ter de fazer overclocking e ainda por cima juntar-lhe o Java não é nada animadora.

Encontrei uma solução que passa por instalar o MCServe, uma versão do servidor de minecraft em C++. A grande diferença entre ser Java ou C++ é que o Java pode ser corrido em qualquer máquina ou configuração, o que não pode ser tão otimizado, enquanto o C++ é suposto depois de escrever para uma máquina poder ser compilado em qualquer outra máquina, com algumas restrições. Também é dito que, compilando o C++ na própria máquina, o resultado pode chegar a otimizações de quase o dobro da eficiência, logo, mais rápido.

O MCServer é fácil de instalar, mas exige alguns conhecimentos de instalação e configuração de sistemas Linux. A minha tentativa foi feita obtendo a versão mais recente e compilando-a. Neste momento ainda corre no RPi ao lado do XBMC, da partilha de ficheiros e do TimeCapsule, mas as crianças reportam que há vezes que caem para o fundo do mundo e morrem e outras em que têm dificuldade em colocar blocos na construção se não moverem o boneco.

Tags: ,

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *