As falsas protecções contra sobrecargas

Ontem, recebi um correio electrónico com uma grande promessa: “Em Promoção – Poupe até 30% da sua factura de eletricidade!“. Como funciona?

A nossa instalação eléctrica está exposta a sobrecargas de vez em quando. Estas sobrecargas, são prejudiciais para os nosso electrodomésticos, aparelhos eléctricos, computadores, etc.Estas sobrecargas provocam o aquecimento da instalação eléctrica e de tudo o que lhe está ligado diminuindo a vida útil e, em casos extremos chegam a estragar tanto os aparelhos como a instalacão.
O G-NER-G reduz a potencia exijida melhorando o Factor de Potência. Isto consegue-se proporcionando energia localmente a partir de um condensador desenhado especialmente para esta finalidade. Este condensador especial, armazena esta energía adicional necessária para estabilizar a corrente eléctrica durante uma carga indutiva (por exemplo quando ligamos o ar condicionado ).
Por isso a optimização do G-NER-G saver fará com que diminua drásticamente o consumo registado no seu contador de eléctricidade resultando tudo isto numa grande poupança para o seu lar ou ESCRITORIO.
Agora, com a ajuda do g-ner-g saver há uma forma de reduzir até 30% o consumo eléctricidade todos os meses. Já não terá que pagar grandes consumos. Agora, já pode consumir eléctricidade a baixo custo.

Há uma regra na poupança, que é traduzida pelo provérbio popular “quando a esmola é grande, o pobre desconfia”. Uma pesquisa rápida na Internet revela o que parece ser uma grande fraude! Aí se confrontam os defensores e opositores, com argumentos e contra-argumentos. Por um lado, parece que produtos similares têm interesse na Indústria; todavia, em nossas casas a poupança não parece existir, ou então não é significativa. Uma lista exaustiva de produtos similares está disponível nesta página.

O NIST, uma instituição muito importante de normalização nos Estados Unidos também afina pelo mesmo diapasão. Segundo este documento, dedicado à temática, as poupanças para os consumidores serão negligentes. Curiosamente, o mesmo não se passa com o fornecedor da energia, EDP ou outro, que beneficiam efectivamente, mas pouco…

Enfim, serve este exemplo para a necessidade de nos precavermos quando pensamos em poupar. No Poupar Melhor continuaremos a expor estes casos, para que não só tenhamos conhecimento de alguns contos de vigário, mas sobretudo dos fundamentos científicos que desmontam estas falsas promessas.

Tags:

{ 3 comments to read ... please submit one more! }

  1. Boa tarde, no referente ao artigo “As falsas protecções contra sobrecargas” gostaria que me informassem de qual na vossa opinião será o melhor aparelho regulador de potencia, que nos ajude a poupar na factura do lar (isto para alem de todas as regras básicas que devemos adoptar), se é que esse aparelho existe efectivamente e se o seu custo compensa realmente.

    Melhores cumprimentos

    Alberto Pita
    Santarém

  2. Para situações típicas de uma habitação, tais aparelhos não existem. Na Indústria existem soluções para a energia reactiva, mas não se aplicam em nossas casas.
    Uma das melhores formas de poupar foi o nosso primeiro artigo sobre poupança de electricidade, que tem a ver com a redução da potência dos contadores.

{ 1 Pingbacks/Trackbacks }

  1. Economizadores de energia são inúteis » Poupar Melhor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *