Não há poupanças milagrosas de combustível

Já aqui havíamos abordado a temática dos equipamentos que não poupam combustível. No programa Mythbusters, a mesma temática foi abordada há uns anos atrás. O veredicto foi a de que genericamente não há poupanças, e nem sequer investigaram muito bem as sequelas. Como eles dizem, não testem isso em casa:

Tags: ,

{ 12 comments to read ... please submit one more! }

  1. Mas com a Molecoiso poederá poupar-se até 20% de combustivel, reduzir as emissões de gases e aumentar a vida útil do motor.
    É uma solução devidamente comprovada

  2. Mas tambem como os geradores de HHO, se pode reduzir em muito o consumo de combustivel.
    Como fácilmente tudo isto se pode verificar, porque é que este site é contra todas as tecnologias devidamente comprovadas e certificadas ?

  3. Desde já informamos que o dispositivo Molecoiso™ é um avanço tecnológico de fácil instalação.

    Este dispositivo tem a capacidade de mudança em três áreas dentro do espectro do combustível pela absorção de CH (benzeno) de hidrocarbonetos saturados e insaturado. De acordo com as pesquisas da universidade, a cerâmica absorve a energia térmica a partir do seu ambiente circundante, em seguida, liberta-o em comprimento, quebrando a força intermolecular de “van der Waals”(*) (a força que une as moléculas). O resultado consiste na mudança de agregação das moléculas do combustível de ‘cluster’ ou aglomerado para uma única molécula.

    Esse factor altera as várias propriedades do combustível, tais como tensão superficial e ponto de fulgor. A tensão superficial é diminuída, resultando em melhor atomização (gotículas menores) do combustível, que proporciona uma maior área de superfície para fazer contacto com o ar, levando a uma eficiência do combustível mais elevada.

    Assim sendo:

    · Aumenta a potência no motor

    · Reduz o consumo do combustível.

    · Diminui a acumulação de carvão

    · Reduz a emissão de gases tóxicos com efeito de estufa.

    Em resumo, reestruturamos o ambiente do combustível, água e ar no sistema de operação do veículo, para assim oferecer mais quilómetros por litro, reduzindo os perigosos poluentes, e mais importante, reduzindo os gases com efeito de estufa.

    (*) – Johannes Diederik van der Waals (Leiden, 23 de novembro de 1837 — Amsterdã, 8 de março de 1923) foi um físico neerlandês que formulou equações descrevendo os estados líquido e gasoso, trabalho fundamental para a medição do zero absoluto. Ele tentou descobrir por que as equações de Robert Boyle e Jacques Charles não correspondiam exatamente à forma de comportamento dos gases e líquidos. Concluiu que o tamanho da molécula e a força que atua entre elas afetam seu comportamento. Embora as moléculas de gás sejam extremamente pequenas, cada uma delas tem um tamanho diferente – circunstância que afeta o comportamento das moléculas de diferentes gases. As forças que atuam entre as moléculas de um gás são denominadas forças de van der Waals. Em virtude desse trabalho, Johannes van der Waals foi agraciado com o Nobel de Física de 1910.

  4. Luís,

    Não iremos permitir mais mensagens publicitárias suas no PouparMelhor.
    Para os outros leitores que tropecem neste comentário, sugiro vejam a sequência de comentários do artigo que motivou este:

    http://www.pouparmelhor.com/fraudes/equipamentos-que-nao-poupam-combustivel/

  5. Pergunto :
    A intenção deste site é divulgar informação fidedigna ou é de opiniões ?
    Caso não seja de opiniões , existe alguma morada fisica, para que possam assumir as V/ afirmações ?
    Agradeço resposta.

  6. Repito novamente, pois parece ter dificuldade em perceber, retire as Mentiras e Difamações sobre a Molecoiso imediatamente.

  7. E para que fique claro de uma vez por todas, que os factos serão sempre factos, e por isso se devem assumir :

    Esta foi a ultima carta Aberta que envieia TODOS os Partidos, Ministérios e Médias Exmos. Srs.,

    Como sabem, há cerca de uma ano que V/ tenho alertado e enviado alguma documentação (de Inúmeras Universidades e Identidades Idóneas) que atestam e comprovam de forma prática e inequívoca de como se podem reduzir custos/consumos significativos em carburantes de hidrocarbonetos (combustível).
    Embora o MEE que através do LNEG reitere que não há interesse em se reduzir a dependência do petróleo (e já devidamente documentado), por haver planos a médio e longo prazo, conforme o documento que me enviaram (anexo) e a Reunião que tive (que nada mudou, apesar da comprovação da eficácia), essa politica deveria ser repensada , pelas consequências que haverá, se reduzirem custos/consumos e Poluição.
    Assim, ao se utilizar a tecnologia MOLEcoiso, haverá consequências imediatas na Economia Portuguesa, pois reduzem-se custos/consumos, poluição, aumenta-se a competitividade/produtividade e o nº de postos de trabalhos directos e indirectos.
    Dificilmente se poderá compreender que Autarquias, Corporações de Bombeiros que publicamente assumem falências , nada façam para as evitar, tal como o Estado o consinta e não pretenda tambem reduzir custos através desta tecnologia sustentável.
    Recordo também que temos um sistema de renting, onde o valor pago por este pode ser inferior às poupanças efectuadas, além de que pode ser dedutível até 100% em despesas operacionais.
    Assim acreditando que poderá ainda existir algum Bom-Senso , em algum Ministério, Partido e/ou instituições Pública.
    Espero que não continuem a ignorar uma solução prática, sustentável e exequível, para não continuarmos a adiar o Presente penhorando o Futuro

    Luís Manuel Mota Capucho 03-06-123/6 às 16:33 · GostoNão gosto.

  8. Agradeço então que me envie a morada ou contacto, para que o nosso departamento legal entre em contacto consigo.

    Como acredito que não o fará, teremos de procurá-lo o que significará ainda maiores custos para si, faça então como entender.

    Caso se até Domingo dia 24/06/2012 não fornecer este pedido, no 1 dia útil da semana começará a sua “busca”, pois é intolerável manter Difamações e Mentiras, apesar de termos mostrado toda a nossa disponibilidade para que compreende-se a gravidade das suas alegações e as retira-se ou fizesse um pedido de desculpas e demonstrar o seu equívoco, o que teimosamente e deliberadamente não o fez.

    Fico então a aguardar.

    Sem outro assunto de momento.
    Consultadoria de Custos Energéticos LMConsultadoria

    Melhores cumprimentos.
    [REMOVIDO]
    Luis M. Mota Capucho

  9. Luis,

    No comentário acima refere o texto:

    “Esta foi a ultima carta Aberta que envieia TODOS os Partidos, Ministérios e Médias Exmos. Srs.,
    Como sabem, há cerca de uma ano que V/ tenho alertado e enviado alguma documentação (de Inúmeras Universidades e Identidades Idóneas) que atestam e comprovam de forma prática e inequívoca de como se podem reduzir custos/consumos significativos em carburantes de hidrocarbonetos (combustível).”

    Antes, a Maria havia afirmado noutro post que

    “Todos os Partidos Politicos, Media e Revistas têm a mesma documentação que lhe estou a enviar a titulo confidêncial ( pode colocar a minha carreira em risco).”

    Afinal, a documentação é ou não confidencial?

  10. A.Sousa continuo a aguardar o seu contacto, para que o nosso departamento legal entre em contacto consigo. Informo-o que se não o fizer, terá custos bem maiores, pois teremos de o descobrir.
    Quanto á documentação que lhe enviei onde Inumeras universidades atestam e comprovam a eficácia nas reduções de consumos e poluição, e onde existem n empresas de frotas Internacionais que tambem o comprovam, é óbvio que é confidêncial, talvez ainda não saiba que existe uma palavra chamada ética, e acredito que nem faça idéia o que seja pelo que constatemente expoe aqui no site

{ 0 Pingbacks/Trackbacks }

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *