Atenção aos taxis com mais de quatro lugares!

Já falamos aqui de como poupar na tarifa de taxi. De como o serviço no aeroporto é particularmente mau. No outro dia, na sequência da confusão dos taxistas com o serviço Uber, li muitos artigos na Internet, e fui descobrindo um ou outro pormenor, aqui e acolá…

Todavia, este artigo do Aventar abriu-me os olhos para uma realidade que desconhecia: a dos taxis com mais de quatro lugares. Esses taxis custam mais dinheiro que os taxis normais! Tal pode ser confirmado pela tabela de preços no site da Antral (parece que é de 2013, mas a culpa da desactualização é deles), onde se verifica que há uma clara diferença de preços entre os taxis de quatro passageiros, e de mais de 4 passageiros. No site do Aventar alertam para o dístico que estes taxis tem que ter afixado no lado direito do para-brisas e no vidro da porta traseira direita, conforme consta da Convenção entre a DGAE, Antral e FPT:

tax

Dístico obrigatório para taxis com mais de 4 passageiros (via Aventar)

{ 1 comment to read ... please submit second! }

  1. É verdade, eles existem há bastante tempo, mas não só no aeroporto, estes táxis colocam-se em qualquer praça há espera de incautos, praças onde é sabido que apenas entra um ou dois passageiros e claro que uma grande maioria das pessoas não lê o dístico, porque entra há pressa no táxi e porque é mais um dístico, não temos por hábito correr para um táxi mas antes andar há procura de dísticos para os ler. Nem estes motoristas alertam sequer ao entrarmos que o táxi tem uma tarifa mais elevada. Aliás não faz qualquer sentido a existência desta tarifa especial a não quando o carro ultrapassa o número de passageiros, aí sim eles poderia alertar que teria de mudar para um taxímetro diferente. Não faz qualquer sentido que estes carros tenham apenas uma tarifa, deveriam ter as duas a funcionar conforme alternando consoante o número de passageiros que vão transportar. Farão sentido talvez á porta do aeroporto ou duma estação de comboios, em saídas de espectáculos de maior relevo, talvez na noite de Lisboa junto a bares e discotecas, agora em praças onde habitualmente entra um ou dois passageiros é uma ratoeira. Poucos serviços para a tarifa que praticam terão com certeza e daí o estacionarem em qualquer praça á espera de incautos, ganhariam muito mais se tivessem as duas tarifas. Quem cai como eu caí, logo no início deste serviço, fá-lo apenas uma vez, até porque caí precisamente num táxi que apenas tinha o dístico no vidro da frente e indevidamente não o tinha na porta. Agora escolho e recuso o táxi mesmo que seja o táxi que está á frente, não tanto pelo valor a mais a pagar mas pela indignação. Ou há uma obrigatoriedade de prestar serviço apenas nalgumas praças e eventos, ou alteram visivelmente a cor destes táxis ou melhor julgo eu, adoptam as duas tarifas, segundo sei o taxímetro pode ser assim programado opção A e opção B consoante o serviço.

{ 0 Pingbacks/Trackbacks }

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *