Radiações dos micro-ondas

Os micro-ondas que temos em casa são uma maravilha da técnica, existindo há já umas décadas. Um dos receios mais comuns sobre a sua utilização é o potencial perigo para a saúde. Apesar de as radiações emitidas serem não ionizantes, podem sempre provocar problemas, nomeadamente de queimaduras, se a exposição for muito intensa.

Os aparelhos que hoje são vendidos têm protecções normalmente muito eficazes. Um dos testes que se costuma sugerir é a colocação de um telemóvel/rádio dentro do micro-ondas, sem ligar o micro-ondas obviamente, e verificar se ele continua a funcionar, isto é a receber chamadas ou estações de rádio. Tal deriva do conceito de gaiola de Faraday, que especifica que as emissões interiores não devem sair para o exterior, neste caso do micro-ondas, nem as emissões exteriores nele penetrarem.

Esse teste pode não ser todavia o mais eficaz, dado que os micro-ondas estão preparados para funcionar com a frequência de 2.45 GHz, uma frequência bastante superior à dos rádios FM, para dar um exemplo. Em qualquer caso, é uma experiência interessante a realizar no micro-ondas lá em casa! E quando depois nele aquecer qualquer coisa, não precisa de ficar próximo dele…

Tags:

{ 1 comment to read ... please submit second! }

{ 1 Pingbacks/Trackbacks }

  1. Consumo de um micro-ondas » Poupar Melhor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *