Consumo de um micro-ondas

Os micro-ondas são aparelhos imprescindíveis em muitas situações. Já a eles nos referimos a propósito das radiações que emitem. Hoje abordaremos os seus níveis de consumo, e como os seus consumos de energia são um pouco mais elevados do que aquilo que supomos. Na imagem abaixo podemos observar o nosso micro-ondas a aquecer o pequeno almoço e constatar o que parece ser um equívoco:

O micro-ondas refere um valor de 750W, mas o equipamento de medida diz-nos que ele está efectivamente a consumir 1067W. A discrepância vem do facto de que os 750W são a potência de aquecimento proporcionada pelo micro-ondas, sendo o resto do consumo atribuível a outros factores, incluindo a dissipação de calor (essencialmente no magnetron), iluminação, rotação do tabuleiro, ventoinha de arrefecimento do magnetron, e no transformador de alta tensão, entre outros.

Ou seja, a eficiência é de uns meros 70% no nosso caso. Apesar disso, continua a ser de uma maior eficiência, e maior rapidez, que as outras alternativas de aquecimento existente… É ainda superior aos valores que encontrei em termos de literatura. No seu caso, qual é a diferença entre a energia eléctrica consumida, e a efectivamente aproveitada dentro do micro-ondas?

Tags:

{ 2 comments to read ... please submit one more! }

  1. Gostei muito das dicas que aqui vi.Vou acompanhar também. Bom fds.

{ 1 Pingbacks/Trackbacks }

  1. Poupar quando ferver água » Poupar Melhor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *