Conseguimos aumentar a eficiência das deslocações para o trabalho?

Tenho um interesse muito pessoal no problema que aqui equaciono pois trata-se do meu percurso diário.

A pergunta já está respondida, nem que seja pelo que já se disse sobre a carga do automóvel e as percas de energia nas travagens, mas a poupança de energia nas travagens traduz-se num aumento do tempo necessário para o percurso.

O problema pretende-se resolvido, não só na vertente dos consumos de energia, poupando aqui o dinheiro, mas também de tempo:

  1. Quanto tempo consigo poupar; e
  2. Quanto combustível consigo poupar.

Para poupar o segundo, vamos ter de arranjar maneira de reduzir a influência de um no outro, isto porque se trata de vencer dois percursos diários, com vários pontos, no menor tempo, com o menor consumo. Vale tudo:

  1. Transportes públicos;
  2. Out-sourcing de um dos troços;
  3. Alteração do veiculo;
  4. Utilização de Energias alternativas;
  5. Outros aqui não previstos.

Os pontos extremos dos percursos são Montijo e Lisboa, e ambos os percursos implicam:

  • Transportar uma criança de e para o infantário;
  • Transportar uma criança de e para a escola;
  • Transportar um adulto de e para Benfica;
  • Transportar um adulto de e para a Praça de Espanha.

O ponto de partida do exercício terá como medida de arranque um consumo médio de 5,6 Litros de Gásoleo ao 100 Km e uma manutenção anual a rondar os 1.500,00€.

Os fatores externos de alteração são:

  • Intensidade do tráfego rodoviário;
  • Greves do setor dos transportes;
  • Flutuação do custo do combustível;
  • Entre outros.

Estas variáveis por não serem controladas por mim, terão de ser estimadas com valores médios e estabelecido o valor a partir do qual a mudança não produz poupança.

A poupança não se pode traduzir em mais tempo afecto ao total de todos os percurso, nem o esforço total da obtenção do ganho final não pode nem implicar um investimento superior ao recuperável em 1 ano.

Está lançado o desafio.

Tags: , ,

{ 4 comments to read ... please submit one more! }

  1. E onde fica a Escola e o Infantário?
    Cump.

  2. A escola e infantário ficam num raio de 5 km de casa.

    Parece que vou completar o estudo muito rápido e já estou a preparar um post onde tenho o detalhe das distancias a vencer diárias, mas que não trará ainda as conclusões. Essas implicam o calculo a 1 ano.

{ 2 Pingbacks/Trackbacks }

  1. Primeira etapa: configurar troços » Poupar Melhor
  1. Feliz aniversário: 4 anos de Poupar Melhor » Poupar Melhor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *