Dia Mundial da Poupança

Hoje é o Dia Mundial da Poupança. Para mim, tem pouco significado! Todos os dias são dias de poupança…

Para quem ainda não conhece a história do Dia Mundial da Poupança, podem vê-la neste artigo de há dois anos atrás.

Como se pode verificar, o Dia Mundial da Poupança nasce do interesse dos Bancos em colocarmos lá o nosso dinheiro. Como referimos então, e reforçamos ainda esta semana, a visão e o conceito de poupança dos Bancos não são propriamente aquele conceito de poupança que aqui defendemos… Por isso, hoje vamos ser poupadinhos nas palavras, para todos meditarmos sobre o que a poupança realmente representa para cada um de nós!

Radares

Eu nunca me preocupo muito com os radares da polícia, pois raramente ando acima dos limites de velocidade. Todavia, por excesso de lentidão, já muitas vezes fui buzinado…

Não tenho nada contra os radares, até porque acho que deviam ser mais. Ser mais nos locais que constituem pontos negros, ou locais onde o exagero é evidente. Menos nos locais onde a sinalização é incorrecta, ou sobretudo nos locais onde a única motivação é a caça à multa…

No artigo sobre os exames de código, referenciei o site “Dicas do Código da Estrada”, o qual tem uma página que me surpreendeu: “Localização Radares“. Nessa página podemos encontrar imagens dos locais onde as entidades enfiam radares, à procura dos infractores ao Código da Estrada. São muitos exemplos deliciosos, dos quais destaco o seguinte radar “embutido” num carro:

Radar embutido

Radar embutido

O que percebem os bancos de poupança

Gráfico- Informação sobre como poupar disponibilizada pelos bancos

Gráfico – Informação sobre como poupar disponibilizada pelos bancos

Decidimos aqui no Poupar Melhor que depois das noticias recentes sobre contabilidades criativas e apoios de bastidores aos bancos nacionais (e estrangeiros), era altura de irmos ver o que percebem os bancos sobre poupança.

Nos bancos a definição de poupança pode ser ligeiramente alterada em relação à do Poupar Melhor. Não seria a primeira vez que a semântica armava a confusão na vida dos portugueses, por isso, para não nos perdermos com este tipo de detalhes, vamos registar a diferenças.

Para o Poupar Melhor a poupança acontece quando a obtenção de um dado objetivo exista com um consumo menor dos recursos necessários para o obter. Isto implica o controlo de execução para a medição da diferença entre os valores de execução de uma dada atividade antes e depois da ação que identificamos como sendo geradora de poupança. O resultado da poupança deve permitir ser amealhado para mais tarde ser utilizado. Amealha-se dinheiro ou outras coisas, como mercearias ou energia que não consumimos.

Amealha-se para um dia de chuva. Usa-se os bancos para guardar o dinheiro que se amealha, mas não se amealha só dinheiro para guardar no banco. Quando falamos de bancos, a poupança é para estas instituições essencialmente “contas poupança” ou “poupanças fiscais”. Enquanto tentamos manter-nos longe das questões semânticas, estas parecem-me perseguir-nos neste tema.

Uma “conta poupança” é hoje vista pela regulação bancária europeia como um investimento num depósito a prazo para depósitos a partir de um certo valor. O depositante passa a ser tratado como investidor e o seu depósito passa a conter um risco de perda parcial do valor entregue para guarda. Os bancos e regulador chamam-lhes depósitos, mas na realidade o dinheiro não é entregue à guarda da instituição bancária apenas para o salvarguardar dos larápios, mas na expectativa de obter um ganho.

Temos ainda o que os bancos chama de “poupança fiscal”. Aqui o ganho é obtido mais uma vez, não de uma poupança do ponto de vista do Poupar Melhor, mas de uma mudança legislativa que provoca uma uma mais valia, um ganho, obtido como resultado do cálculo dos impostos.

Chamar poupança a ganhos com benefícios fiscais ou a um investimento num depósito a prazo é toda uma nova discussão que não cabe aqui. Talvez um dia naquele outro site.

Fomos à lista de bancos de Portugal no próprio Banco de Portugal e fizemos uma revisão rápida em matéria de conselhos de poupança que os bancos disponibilizam. Procurámos nos menus dos sites públicos destas instituições informação relevante para a poupança doméstica e conselhos de como poupar dinheiro para amealhar. A forma como identificámos foi através da procura dos vocábulos associados a poupar: poupe, poupança, poupar.

O que encontrámos nos bancos que ainda têm sites ou têm informação sobre poupança disponível nesses sites foi analisado, procurando identificar na informação que continham como caracterizá-la de forma a poder agrupar os sites dos bancos pelo tipo de conselhos de poupança que continham, e estas são as nossas conclusões.

A hipótese inicial do Poupar Melhor era que, sendo os bancos instituições diferentes de empresas que procuram apenas o lucro, iríamos encontrar várias referências a formas de guardar mais dinheiro ou tempo, como gestão de orçamento caseiro ou pagamentos por transferência bancária de forma controlada. O que o gráfico mostra é bem diferente do que esperávamos.

Há bancos registados no regulador sem sites ou sem informação contendo os vocábulos procurados. O número é superior ao número de bancos com informação minimamente relacionável com o tema poupança. Alguns bancos sem site levam-me a questionar onde publicaram os relatórios e contas que são obrigados a publicar no site. Talvez seja uma obrigação apenas para quem tem site…

Exame de código

Seguir em frente!

Seguir em frente!

Fazer um exame de código é sempre stressante. Ainda me recordo de quando fiz o meu há muitos anos atrás… E hoje, assim continua a ser, até porque os dados estatísticos mais recentes (2011 !) revelam que cerca de um terço dos candidatos chumbam na prova.

Para podermos sonhar em conduzir um automóvel, a lei exige que nos inscrevamos numa escola de condução. As escolas de condução procurarão, naturalmente, encaminhar-nos para soluções de apredizagem que constituirão uma boa maquia. Felizmente, nestes tempos de partilha de informação, é muito simples aprender online!

Um bom sítio para começar, para quem se está a preparar para o exame de código, é o site do IMTT. Nos links a seguir podem consultar todas as perguntas que podem sair no exame, milhares delas, bem como as possíveis respostas! Infelizmente, só não estão assinaladas as respostas correctas:

Mas mais interessante é simular a prova propriamente dita. Encontrei vários sites online, que a seguir referencio, bem como alguns aspectos que me chamaram a atenção. Se conhecerem mais alguns exemplos, digam nos comentários, que eu adiciono:

Mas a melhor fonte de estudo é provavelmente o site “Dicas do Código da Estrada“. Nele encontrarão as milhares de perguntas do IMTT acima referenciadas, corrigidas! Uma referência absolutamente obrigatória para quem vai fazer um exame de código…

PS: O site BomCondutor refere nos comentários abaixo um pormenor importante: os dados disponibilizados pelo IMTT, e pelos sites que dele dependem, não estão actualizados. Nada que me admire, dada a minha experiência passada

118ª conta: a das contas poupança e do poupar dos bancos

Podcast do Poupar Melhor

Esta semana falamos sobre os 33 bancos portugueses que foram analisados sem stress para identificar o que podíamos aprender com eles sobre poupar. Fechámos o tema falando sobre o que entendem os bancos sobre poupança e investimento.

Podem aceder aqui à lista completa de episódios do Podcast. O Podcast do Poupar melhor está também no iTunes

Play

Praia no Outono

Estes últimos dias têm sido excelentes do ponto de vista da meteorologia. Depois de semanas de chuva, soube bem uma semana de sol.

Hoje está novamente um dia em que se pode aproveitar a praia. Já não deve haver muitos mais dias em 2014 com essas características, e a partir de hoje, faz noite uma hora mais cedo… Para além de uma temperatura ambiente bem quentinha, reparem como a água do mar está bem mais quentinha que a que observamos em Agosto:

Temperatura água mar no Outono

Temperatura água mar no Outono

Fica ainda o registo das temperaturas da água do mar no Algarve do último trimestre, registadas nas bóias ondógrafos. Não há dúvidas que Agosto foi gelado, e que o final de Setembro e início de Outubro foram os mais quentinhos!

Temperatura água mar ALgarve último trimestre

Temperatura água mar Algarve último trimestre