As baterias da Tesla

Nos últimos dias, a página da Internet que mais visitantes nos tem trazido é este artigo do pplware. Em que se referencia a análise económica que fizemos à Powerwall em Portugal. Não consigo perceber exactamente porque estão a chegar tantas visitas, mas não me admirava que muita gente andasse muito surpreendida por aí…

Acontece que a Tesla, para mim, é apenas marketing. Mas, as informações dos últimos dias vem reforçar isso a todos os níveis, e não apenas no que toca à Powerwall, que é o que aqui nos interessa.

Os problemas começaram quando os clientes começaram a receber os primeiros exemplares. Parece que um dos problemas que não se esperavam era a de que fizessem tanto barulho. Um cliente chegou a registar 80 decibeis, o que é significativo, com potenciais problemas quando exposto durante 8 horas.

O artigo também faz uma referência a quanto é que realmente custa uma solução Powerwall. Na Alemanha, o verdadeiro custo de uma Powerwall estará entre os 8500€ e 9000€. Na Áustria, são vendidas a 17900 €. Outra análise detalhada como a nossa, mas na Austrália, demonstra o óbvio: é muita mais cara que a electricidade paga da rede! Se a 3000 € demonstramos que não tinham interesse…

Enfim, é barrete atrás de barrete! Eram para surgir no Verão passado, mas só começaram a aparecer há poucos meses atrás… A leitura da página do Wikipedia revela muitas mais confusões, incluindo o desparecimento da versão de 10 kWh.

Mas, a Tesla não está sozinha. A Nissan também nos quer iludir. A Mercedes não quer ficar atrás! Em qualquer caso, vai ser preciso grandes avanços tecnológicos para que estas soluções façam sentido económico. Até lá, serão soluções de nicho, mas que as grandes empresas tentarão impingir aos incautos…

Tags: ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *