Espirros no avião

Há dias apareceu um bocado por todo o lado a notícia de quais os lugares mais seguros de um avião para não ficar contaminado com uma doença aero-transportada… Já falamos no passado sobre os lugares mais seguros num avião em caso de acidente, e genericamente os melhores lugares para se viajar.

Agora, num contexto de doenças que nos inspiram medo, seja ébola ou legionella, há mais um factor a ter em conta: os germes que circulam dentro de um avião. A investigação é de Charles Gerba, da Universidade do Arizona e é baseada num voo do distante ano de 2008. O autor tem todavia uma larga experiência neste domínio, mas é talvez o vídeo que tem acompanhado a notícia que é porventura o mais interessante. Podem ver abaixo, para ver em termos de simulação como os bicharocos se transmitem rapidamente dentro de um avião:

Tags: ,

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *