Estores fechados no Verão

No Inverno passado, fizemos diversas experiências cá em casa. Neste post, abordamos o impacto do fecho dos estores. Neste outro exemplo, analisamos as diferenças de temperatura entre o exterior e o interior da janela. Finalmente, neste post abordamos a importância do isolamento da caixa de estores. Agora que chegou o tempo quente, começamos as experiências inversas, ou seja, de como manter o calor lá fora e preservar as nossas casas frescas.

Na imagem abaixo, observamos a temperatura à janela, dentro do quarto, a azul. A vermelho está representada a temperatura, entre a janela e os estores. Os estores foram fechados no momento em que as duas curvas começaram a divergir no início do gráfico.

Temperatura no Verão com estores fechados

As temperaturas desses dois dias foram particularmente elevadas, especialmente as do segundo dia, 25 de Junho. Segundos os dados do Weather Underground, as máximas na região de Lisboa foram de 32 e 37 ºC, para os dias 24 e 25 respectivamente. Como se observa no gráfico, a temperatura entre a janela e os estores fechados é inferior em 2/3 graus ao valor máximo, valor curiosamente semelhante ao que havíamos observado no Inverno. Constata-se ainda que para a subida de temperatura exterior de 5ºC, verificou-se uma subida da temperatura interna de cerca de 2ºC. Terei que voltar a fazer a experiência com o termómetro de fora, mas não poderá ser nesta janela, pois ela está virada a sul.

O gráfico acima dá ainda para perceber que pode ser vantajoso deixar abertas as janelas durante a noite, conforme se pode perceber pelo facto da curva a vermelho ser inferior durante a madrugada de 24 para 25. Mas nem sempre assim poderá ocorrrer, como é manifesto na madrugada do dia seguinte. Por isso, também nestas circunstâncias dão jeito as previsões de curto prazo

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *