Evite que o PC hiberne

Há duas semanas falavamos sobre uma forma simples de vermos onde está o espaço ocupado do nosso disco. Há uns dias, lá corri outra vez o software num computador necessitado, e qual não foi a minha surpresa por descobrir um ficheiro com cerca de 7GB no disco! O ficheiro era o “c:\hiberfil.sys”, e é um daqueles que já nem se consegue ver no Windows, a não ser por técnicas especiais…

A razão para a dimensão desse ficheiro no computador em causa está relacionada com o facto de ser um computador com 8GB de memória, um pouco mais elevada que a maior parte dos computadores recentes. O ficheiro “hiberfil.sys” surge sempre que se faz a hibernação do Windows, e o seu tamanho resulta da quantidade de memória em utilização nesse momento. Eu pessoalmente prefiro adormecer o computador, e naquele caso ficou determinado que o computador não iria voltar a hibernar, e gastar 7 GB de disco.

Para evitar a criação deste ficheiro monstruoso, ou apagá-lo se existir, a seguinte sequência é a recomendada para Windows Vista e Windows 7:

  • Ir ao menu Start do Windows, premir “All Programs”, e depois “Accessories”
  • Procurar o programa “Command Prompt” e clicar com o botão direito do rato: clique depois “Run as administrator”
  • Terá que confirmar a execução do programa
  • Execute a seguinte instrução:  powercfg.exe -h off
  • Reinicie o seu computador

O procedimento poderá ser ligeiramente diferente, consoante a sua versão de Windows (língua, etc.). Na dúvida, peça ajuda a alguém com conhecimentos informáticos, ou coloque a sua questão como comentário abaixo.

Execução de comando powercfg.exe

Tags:

{ 3 comments to read ... please submit one more! }

  1. A nível energético é possivel que gaste mais , pois ao adormecer, a informação mantém-se em memória ram.
    A memoria ram necessita de energia para manter informação armazenada, ao contrário do disco rígido.

    Mas possivelmente é um consumo residual.

  2. É uma equação interessante! Por um lado, certamente gasta alguma energia enquanto “dorme”. Por outro lado, a energia dispendida a gravar em disco também não é negligente. Bem como o maior tempo que demora a hibernar e restaurar o sistema, durante o qual se consome também energia. Para mim, o tempo também é valioso… Vamos ver se conseguimos medir essa diferença!

{ 1 Pingbacks/Trackbacks }

  1. Consumo de um PC a dormir » Poupar Melhor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *