Poupe tempo a decidir em quem votar com estas ferramentas

Os projetos que nos ajudam a verificar a nossa colocação política em relação aos partidos em que podemos votar já não são novo. Estes projetos, para além de nos ajudar a entender de forma rápida o posicionamento dos partidos e assim facilitar uma decisão de voto, permitirem aos politologos recolher informação sobre o estado de alma da população que responde,.

Estes projetos funcionam tipicamente em sites que com base na configuração do alinhamento esquerda/direita dos partidos ajudam os seus utilizadores a fazerem uma escolha mais informada. Para determinar o alinhamento, classificam os partidos a partir das questões que tipicamente dividem os partidos. Como se tratam de eleições europeias, interessa também perceber a divisão europeista/anti-europeista dos partido. Por análise dos discursos ou manifestos dos partidos que concorrem é possível identificar se, por exemplo, defendem uma maior ou menor autonomia da governação europeia, e assim definir a sua colocação nessa escala.

O posicionamento do utilizador é identificado a partir da classificação semântica às questões que irão ser colocadas pelo site. Aos inquiridos estas opções são apresentadas numa escala em que se escolhe se gosta ou não gosta de cada uma das posições que lhe é apresentada e qual o grau com que sente essa posição. Depois de preencher inquérito, é apresentado como resultado o nosso posicionamento em relação aos temas com base nas respostas que damos.

Alguns destes projetos mostram-nos para além de gráficos ilustrativos onde podemos comparar visualmente a nossa distância ao partido que está mais próximo de nós ou aos principais membros das listas candidatas.

EUandi

EUandi

Um destes projetos é o projeto EUandI, projeto com a participação de vários investigadores portugueses:

  • Tiago Silva, European University Institute
  • José Santana Pereira, University of Lisbon
  • Ana Espirito Santo, Lisbon University Institute
  • Carlos Nogueira, European University Institute

O EUandI (Lê-se “EU and I”) e pretende ser o primeiro projeto de aconselhamento de voto com a possibilidade de nos ligarmos via Facebook com as pessoas com o mesmo alinhamento político que nós.

Esta ideia de nos ligarmos ao grupo de pessoas que comungam da nossa visão através de uma plataforma social parece-me um bom principio para criar laços onde já praticamente não existem. Esta iniciativa irá permitir criar os laços de confiança entre pessoas que não se conheciam, o que podem realmente mostrar-se uma forma de aumentar o interesse pela vida comum entre as pessoas.

EUvox 2014

EUvox 2014

Outro é o projeto EUvox 2014 e conta com a participação de duas investigadoras portuguesas:

  • Marina Costa-Lobo, University of Lisbon
  • Edalina Rodrigues Sanches, University of Lisbon

Nunca é demais dizer que devem ir votar, mesmo que seja em branco. Vão votar, mesmo que o raciocínio de esforço/benefício vos dite que o vosso esforço não permitirá recolher qualquer ganho. É o momento em que vos pedem a vossa opinião, momento esse que não devem desperdiçar.

Podem ouvir mais sobre este tema no episódio desta semana do Podcast do Poupar Melhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *