Temperatura mais homogénea dentro do frigorífico

No passado já observamos como as temperaturas dos frigorificos variam no seu interior, ou como é possível torná-lo mais fresquinho. Neste artigo abordamos como é possível manter uma temperatura homogénea dentro do frigorífico. Tal é importante porque muitos alimentos não suportam variações significativas de temperaturas, o que acontece em várias circunstâncias, como é o caso de aberturas da porta de frigorífico, especialmente durante períodos mais prolongados. Durante esses períodos, a temperatura pode subir, de forma significativa, afectando a preservação dos alimentos.

Na imagem acima podemos ver a temperatura de uma caixa fechada (neste caso com legumes) dentro do frigorífico (a azul), comparada com a temperatura no seu exterior (a vermelho). Verificamos que a temperatura no interior da caixa não registou temperaturas tão elevadas, nem tão baixas, como as atingidas no seu exterior. Foi assim preservada uma temperatura mais estável no seu interior.

Por essa razão, os frigoríficos contêm caixas para colocar alguns tipos de alimentos, nomeadamente no fundo do frigorífico (a parte mais fresca), ou na porta. Neste último caso, a importância é significativa, dado que as aberturas das portas do frigorífico tendem a aquecer de forma significativa essa área. Por isso, a preservação dos alimentos é melhor conseguida quando os alimentos são condicionados dentro de recipientes.

Tags: ,

{ 1 comment to read ... please submit second! }

{ 1 Pingbacks/Trackbacks }

  1. Maior ventilação no frigorífico » Poupar Melhor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *