Vício no jogo

Todos temos uma ideia que o vício no jogo pode levar a situações problemáticas. Já aqui referimos que a melhor forma de ganhar dinheiro no Euromilhões é não jogando, e como as raspadinhas estão na moda, apesar da pequeníssima probabilidade de sair beneficiado.

Num site espanhol, encontrei uma infografia muito interessante sobre o vício do jogo em Espanha. A infografia foi elaborada no Actibva, uma comunidade online dedicada aos temas financeiros, e impulsionada pelo banco BBVA.  Segundo o levantamente efectuado, o negócio do jogo representa 27 339 milhões de euros em circulação, que representam quase 3% do PIB espanhol. Do total, a maior fatia, 11 339 milhões de euros, vêm das tragaperras, máquinas tipo slot-machines, que são muito comuns em vários estabelecimentos em Espanha. As lotarias representam a outra grande fatia, com 9 593 milhões de euros. Só nesta última fatia, aparentemente, cada Espanhol gasta em média, ao longo de um ano, 205 euros.

Em Portugal, desconheço dados deste género. Mas, arrisco-me a dizer que somos também um País de jogadores. E embora alguns, poucos, felizardos se possam gabar de ganhar dinheiro ao jogo, a maioria de nós vai pagando subtilmente mais este imposto… Por isso, se quiser poupar, não jogue!

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *