Pequenos prémios do Euromilhões

Se o leitor joga frequentemente no Euromilhões, já lhe terá saído talvez um premiozinho. Mas deve ter ficado desiludido quando o recebeu.

Quando aqui há uns tempos olhava para os resultados de um sorteio em particular, ficou claro para mim, que ainda havia bastantes prémios, mas de valor muito baixo. A lembrar a táctica da raspadinha.

Depois, meti mãos à obra. Queria saber como tinha sido a evolução dos pequenos prémios ao longo dos tempos. O resutado é este gráfico abaixo, com o eixo dos yy a representar o valor do prémio em euros:

Valores dos pequenos prémios do Euromilhões nos últimos anos

Valores dos pequenos prémios do Euromilhões nos últimos anos

Da análise do gráfico percebe-se que mesmo acertando em 4 do total das 7 bolas que saem, vai ficar no máximo com umas dezenas de euros. E note que se acertar 4, só não acerta em 3! Tão perto, não?

Acertar apenas em 2 números dá direito a no máximo 5 euros. E a alteração das regras que em 2011 permitiram o começo da atribuição deste prémio foi à custa dos prémios maiores, como fica imediatamente claro no gráfico.

Por isso, considere bem quando joga. Mesmo que acerte em quatro números, o que é já de si particularmente difícil, não vai ganhar grande coisa. Ganhará um prémio certamente melhor se colocar o dinheiro num mealheiro e o abrir daqui a uns tempos!

Tags:

{ 4 comments to read ... please submit one more! }

  1. Sr. A. Sousa, após ler esta sua análise, diga-me então se tem o hábito de jogar no EuroMilhões e com que regularidade e o montade da aposta.

  2. Ocasionalmente. Não sou fundamentalista :-) É por exemplo provável que jogue esta semana, por causa do jackpot de sexta-feira… Nunca mais de 2 apostas.
    Pessoalmente, tenho a certeza absoluta que nunca me sairá nada de jeito. Depois desta análise, é mesmo possível que reconsidere o ocasional. Todavia, e até como já referi aqui no blog, o jogo também tem um fim de ajuda social, e é sobretudo nisso que me revejo quando jogo. Sei que tem um fim positivo, assim como quando contribuo para o Banco Alimentar, ou similar, por exemplo.

  3. Bom dia Sr. A Sousa, numa busca sobre raspadinhas na net reparei no seu blog e nos gráficos sobre os jogos, gostava de lhe perguntar .pois costumo jogar por vezes nas raspadinhas e ouço comentários de pessoas a quem não sai nada( o que não é o meu caso :)) ,que poem em causa os prémios anunciados e se podemos confiar na Santa Casa da Misericórdia como entidade emissora das raspadinhas, e se haverá alguém que supervisione os prémios distribuídos. Há como diz a vertente social, mas será que não estarão a ser “mais papistas que o papa” e o que dizem distribuir em prémios será mesmo verdade? Fica a interrogação. Bom dia.
    PS O tribunal de contas numa auditoria recente advertiu a SCML a conter os gastos pois poderá ser insustentável a breve prazo. Será????????!!!!!!!!!!!!!!Que se cuidem os que precisão de ajudas.

  4. Sérgio,
    Quando jogamos um jogo, e não ganhamos, a culpa costuma ser sempre dos outros. E não é só no futebol!
    Aqui, só olhamos para as probabilidades e os resultados, e olhando para elas, a única estratégia é a de não jogar!
    Quanto à distribuição de prémios e outros elementos que refere, não são do nosso âmbito…

{ 0 Pingbacks/Trackbacks }

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *