Fraudes no couponing

extreme-couponingHá um ano falamos do programa Extreme Couponing, e de como os cupões ainda eram uma novidade em Portugal. As coisas têm mudado muito desde então, e ontem foram mesmo tema para uma reportagem na RTP1. Acontece que nem tudo o que parece é!

A história desconhecida do Extreme Couponing é a natureza fraudulenta de muitos dos seus participantes. Quando comecei a escavar a história fiquei verdadeiramente surpreendido. Logo no primeiro episódio, a participante J’aime Kirlew gabou-se de ter comprado por $103 produtos com um valor de $1900. O problema começou quando Jill Cataldo, outra couponer, lhe topou o esquema. Dias depois, Jill documenta melhor a fraude. Numa entrevista no mês a seguir, ao blog SmartMoney, do Wall Street Journal, J’aime Kirlew admite ter utilizado os cupões de forma indevida!

A saga chegou a outros sítios no Media. A revista Time referiu-a e voltou depois à carga. E mais exemplos surgiram:

Enfim, não são certamente estes os exemplos de poupança que devemos perseguir. Eu pessoalmente deixei de ver o programa, pois aquilo convida mais ao açambarcamento que à poupança. E, para quem possa pensar que a Jill Cataldo está com dor de cotovelo, a resposta foi dada neste post. Há que concordar com ela, pois os cupões não podem ser uma obsessão… Mas quem quiser mais informação sobre este tema dos cupões, a Coupon Information Corporation é um bom sítio para começar. Eles até oferecem $100.000 a quem os ajudar a apanhar os envolvidos na contrefacção de alguns cupões…

Outros posts do A.Sousa:

[Publicidade]


[Publicidade]

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>