Chuveiro novo

Novo chuveiro cá de casa

Depois de alguma investigação, compramos um chuveiro novo cá para casa. Estava em promoção no Continente, custava 4,49 €, mas com a promoção dos 10%, consegui 0,45€ mais para o cartão. Tinha um problema e um risco. Era produto fabricado na China, e não tinha indicação do caudal que consumia. A observação detalhada, depois de analisar outros chuveiros ecológicos que permitem economizar água mas que custam várias vezes mais, permitia-me pensar que não seria pior, pelo menos em relação ao existente. Mas como podem ver pela imagem, é um chuveiro de massagem, com 8 posições, o que comparava muito favoravelmente com o existente, de uma única posição… Neste aspecto, já é um sucesso estrondoso. Mas, qual seria o consumo?

No passado fim de semana, fiz o teste controlado. Num duche de exactamente 4 minutos e 10 segundos, o consumo foi de 38,8 litros. Comparando com o exercício do duche anterior, resulta que a forma mais rápida de poupar água num duche é tomar um duche mais curto! Mas continua a estar frio pelo que prometo que o próximo exercício, quando vier o tempo mais quentinho, vai resultar numa poupança muito maior! Tal consumo e duração evidenciam que o consumo do novo chuveiro é de 9,3 litros por minuto, ligeiramente melhor que o anterior, e ao nível dos valores dos chuveiros mais poupadinhos, com redução de caudal, que havia observado anteriormente. Adicionalmente, o consumo de gás natural foi de 0,153 m3, o que dá um consumo de 0,037 m3 por minuto, um valor inferior ao observado no exercício anterior, mas que também estará associado a factores de temperatura, como evidenciamos neste artigo anterior.

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *