Impacto da temperatura ambiente no frigorífico

Há uns meses atrás, havíamos abordado como uma menor temperatura dentro da cozinha provocava um maior espaçamento entre o funcionamento do compressor. Posteriormente, abordamos novamente o tema, com os termómetros melhor posicionados.

Agora, com o estudo que referenciamos neste artigo, podemos confirmar a importância da temperatura ambiente no consumo energético de um frigorífico. Quando a temperatura ambiente é maior, há uma maior transferência de calor através das paredes do frigorífico. Segundo o estudo, mesmo quando um frigorífico não é aberto, o aumento da temperatura ambiente leva a um claro aumento do consumo de energia.

Como se pode ver no gráfico abaixo, o aumento da temperatura ambiente de 18ºC para 30ºC leva a um aumento do consumo de 2,13kWh/dia para 3,64kWh/dia. Tal significa que um aumento na temperatura ambiente de 1ºC significa um consumo adicional de 126Wh/dia.

Consumo de energia com aumento temperatura ambiente

Os mesmos investigadores analisaram o mesmo problema, mas considerando a abertura das portas do frigorífico. Neste caso, o impacto esperado em termos do aumento de consumo é maior, porque uma maior temperatura ambiente, conjugada com a abertura das portas, levaria a uma entrada de ar mais quente no frigorífico, e consequentemente a maior dispêndio de energia. Como podem ver na imagem seguinte, um aumento da temperatura ambiente de 18ºC para 30ºC leva a um aumento do consumo de 1,08kWh/8h para 1,98kWh/8h. Tal significa que um aumento na temperatura ambiente de 1ºC significa um consumo adicional de 75Wh/8h. Repare-se que estes valores são apenas para 8 horas, pelo que para a comparação com os valores do frigorífico fechado, para médias de um dia, uma multiplicação por 3 permitirá uma comparação aproximada.

Consumo de energia com aumento temperatura ambiente

Estas contas evidenciam portanto a importância de manter o espaço onde o frigorífico se situa bem fresquinho. Em nossa casa, um dos truques é justamente deixar a janela da cozinha entreaberta durante a noite, permitindo a entrada de ar fresco na cozinha. O nosso não é encastrável, mas nos casos em que isso se verificar, é também essencial assegurar uma boa ventilação da parte onde se faz a dissipação de calor do frigorífico, nomeadamente na parte inferior ou traseira.

Outros posts do A.Sousa:

[Publicidade]


[Publicidade]

{ 1 comment to read ... please submit second! }

{ 1 Pingbacks/Trackbacks }

  1. Consumo do frigorífico » Poupar Melhor

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>