Calor do frigorífico

Há uns meses investigamos qual o impacto da temperatura da cozinha, na temperatura dentro do frigorífico. Na altura verificamos que quando a temperatura diminuía significativamente, aumentava o intervalo de tempo entre os ciclos de funcionamento do compressor, aumentando assim a sua eficiência. Agora que não tarda aí o Verão, tenho maiores motivos para avaliar o consumo do frigorífico, mantendo os alimentos fresquinhos, e minimizando se possível o consumo de electricidade.

Repetimos a experiência, deixando um termómetro dentro e no meio do frigorífico, e outro no seu exterior, mas mais no interior da cozinha do que a medição efectuada na iteracção anterior. No período observado não existiu qualquer actividade humana na cozinha. O resultado foi o gráfico abaixo, com a temperatura dentro do frigorífico a azul (escala à esquerda), e a vermelho a temperatura na cozinha (escala à direita):

Temperatura na cozinha e frigorífico

As temperaturas máximas do frigorífico e do seu exterior têm uma boa correlação, mas nas temperaturas mínimas a evolução é menos clara. Notam-se igualmente subidas muito ligeiras de temperatura na cozinha, que parecem estar associadas ao funcionamento do compressor. Este calor poderá estar associado ao calor libertado pelas grelhas dos frigoríficos, e será alvo de uma das próximas experiências. Livrar-nos desse calor será, assim, um dos objectivos antes do Verão…

Tags: ,

{ 1 comment to read ... please submit second! }

{ 1 Pingbacks/Trackbacks }

  1. Impacto da temperatura ambiente no frigorífico » Poupar Melhor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *