Lâmpadas economizadoras

Todos estamos provavelmente esclarecidos sobre a poupança associada às lâmpadas economizadoras. Elas consomem bastante menos que as lâmpadas incandescentes, as quais perdem uma quantidade de energia sob a forma de calor, que não é propriamente aquilo para que elas foram feitas. Na verdade, a poupança é muito substancial, consumindo cerca de apenas 20% de uma lâmpada incandescente equivalente. Para uma casa em que se troquem todas as lâmpadas incandescentes por economizadoras, a União Europeia estima uma poupança de 50 euros por ano!

Infelizmente, as lâmpadas compactas estão cada vez mais caras! É relativamente difícil encontrá-las a menos de 5 euros, e elas têm subido de preço. As promoções que existiram no passado, de troca de lâmpadas incandescentes por economizadoras, não se têm verificado recentemente. E esteja atento, porque as incandescentes estão a ser retiradas lentamente do mercado, sendo que em Setembro do próximo ano desaparecerão das prateleiras. Por isso, a comparação das incandescentes com as compactas vai-se tornar rapidamente inconsequente…

Felizmente, as novas lâmpadas estão cada vez melhores. Funcionam muito melhor quando se ligam e desligam múltiplas vezes, ao contrário das versões iniciais. As características da cor também foram substancialmente melhoradas. Quando comprar umas lâmpadas novas, não se esqueça de procurar por estes parâmetros, pois eles devem estar disponíveis na embalagem. E verifique que cabem onde vão ser colocadas, pois as novas lâmpadas são tipicamente maiores. Por fim, não se esqueça de que deve ter cuidado quando uma lâmpada se funde, ou se parte. Faça a reciclagem de forma correcta, pois elas contêm mercúrio.

Tags:

{ 2 comments to read ... please submit one more! }

  1. É importante referir que já existem lâmpadas de LEDs muito mais baratas no mercado, a preços idênticos às economizadoras. Se bem que não conseguem intensidades tão grandes (normalmente não há mais que o equivalente a 40W), economizam 90% em relação às incandescentes, ou sejam mais 30% que as outras economizadoras. São muito interessantes para spots e outras instalações onde se usem várias lâmpadas para iluminar. Em locais onde se acendam e apaguem as luzes muito frequentemente é melhor evitar as economizadoras porque o arrancador delas só dura um certo número de ciclos. Embora elas possam durar 5 anos, quando usadas num WC com muito uso por exemplo, nem um ano duram. Nesses casos é melhor de halogeno (se se precisar de muita intensidade) ou LEDs.

{ 1 Pingbacks/Trackbacks }

  1. Duração das lâmpadas » Poupar Melhor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *