Simulação de “acidentes fantasmas”

Congestão de Tráfego

Congestão de Tráfego

Há algum tempo abordamos o fenómeno das filas de tráfego causadas por “acidentes fantasmas”. Agora descobri um artigo mais completo, que inclui uma simulação sobre as ondas de tráfego. Segundo este estudo, cada Americano passa em média mais de 40 horas preso no tráfego. Muito desse congestionamento não está ligado a acidentes, ou outros factores que pensamos, mas antes a determinados hábitos de condução.

Como havíamos observado no artigo anterior, tudo está relacionado com as acelerações desnecessárias, que conduzem a travagens logo a seguir. Segundo a teoria das filas, segue-se uma onde de travagens e acelerações, que acabam por afectar todos. No limite, basta a travagem de um condutor, para criar um congestionamento numa via de tráfego!

Um outro modelo de simulação está associado ao conceito “Intelligent Driver Model” e no site pode igualmente efectuar várias simulações. Uma visão mais formal do problema pode ser vista neste documento. Eu, por mim, tendo a tentar cortar este efeito; o mais habitual é meteram-se à minha frente, mas eu sei que se todos fossem como eu, que haveria muitas menos filas de trânsito.

 

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *