Gasóleo vs. Brent

Nas últimas semanas, o preço do barril do petróleo voltou a descer significativamente, conforme podem ver no nosso dashboard. E apesar de se ter verificado uma descida substancial do preço de combustível nas bombas, sabe sempre a pouco…

No passado temos analisado aprofundadamente esta relação. Foi bom descobrir que a correlação entre o Brent e o preço do Gasóleo é elevada. Todavia, quando analisamos esta evolução pela última vez, em Janeiro passado, algo de muito estranho se havia passado na segunda metade de 2014: uma aparente evolução muito negativa para os consumidores…

No final deste ano, com o preço do Brent novamente ao nível dos valores mínimos de muitos anos, completamos o gráfico. Como se pode ver abaixo, os consumidores estão muito prejudicados relativamente aos anos anteriores. Note-se que quanto menor é o rácio entre o Brent (em Euros) e o PVP do Gasóleo (excluído o ISP), mais quem está no meio mete dinheiro ao bolso. Para uma melhor compreensão do gráfico, é essencial ler os artigos linkados acima:

Racio

Racio entre preço de Brent, e Gasóleo PVP menos valor ISP

Para visualizar esta variação tão significativa, criei outro gráfico. O gráfico XY abaixo é exactamente o mesmo anterior, só que com uma dimensão adicional. Note-se que os pontos mais acima no gráfico evidenciam a evolução entre 2010 e 2014. Note-se ainda a grande diferença para os valores de 2015, já claramente fora da tendência de todos os anos anteriores. No gráfico foi igualmente introduzido o valor do gasóleo simples, introduzido este ano. Ao contrário do que tem vindo a ser propagandeado, os consumidores foram mais uma vez enganados:

Gráfico XY

Gráfico XY entre o Gasóleo PVP, e o rácio do preço de Brent e Gasóleo PVP menos valor ISP

Como o gráfico acima introduz a complexidade adicional de perceber o rácio envolvido, fiz um gráfico sem esse rácio, apenas entre o preço do barril de Brent (em Euros) e o PVP do gasóleo:

Gráfico XY

Gráfico XY entre o Gasóleo PVP e o Preço Brent (em euros)

Seria de esperar que os valores de 2015 se fossem sobrepôr aos de 2010, mas não! Para o mesmo preço de Brent de 50 euros, pagamos hoje mais de 10 cêntimos a mais… Diferença que tentaremos dissecar em próximos artigos…

Tags:

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *