Porque medimos e recolhemos dados

Lâmpada flexível de LEDs

Consumo de uma lâmpada de LED

Quando tentamos controlar as nossas despesas, começamos a medir tudo indiscriminadamente. O nosso desconhecimento do que se se está a passar é total e traumático. Sentimos que algo está mal. Desconfiamos de onde seja, mas não temos factos recolhidos suficientes para tomarmos uma decisão.

Medimos os consumos de bateria, o custo da gasolina, os kilometros que fazemos e o dinheiro que gastamos. Temos tudo controlado em nome da eficácia das decisões. Entretanto esquecemos-nos da eficiência do nosso tempo.

Medir tudo pode parecer boa prática, mas de nada nos ser medir se a análise dos dados não nos puder trazer qualquer informação que não pudéssemos saber apenas pela análise da informação existente. Então porque é que medimos? Então para que guardamos os dados de medida?

Medimos porque não confiamos na informação dos fabricantes, não confiamos na conta da luz que nos apresentam ou não confiamos em nós mesmos. Guardamos os dados porque queremos saber quais são as variações que ocorrem e identificar que fenómenos nessas medidas não têm explicação imediata.

  1. Se medimos para verificar, então a medida só deve ser feita nos equipamentos e serviços que haja desconfiança.
  2. Se pretendemos estudar a razão por trás de um fenómeno, primeiro temos de ter essas medidas recolhidas.

Então, num projeto ideal, colocamos equipamentos de medição em todas as tomadas? Ligamos sensores na casa toda? Como é que posso saber o que varia de forma não esperada sem medir?

Em cima disto tudo há que ter em conta o custo dos equipamentos de medida, aquilo a que chamarei sondas, de analisar os dados recolhidos para perceber as suas e de concluir pelos modelos preditivos que me permitirão tomar melhores decisões. Estes custos podem soterrar qualquer benefício que pensássemos vir a obter no uso de equipamentos de medida.

Tags:

{ 2 comments to read ... please submit one more! }

  1. De facto tirar medições pode ser muito trabalhoso… mas daqui a uns tempos talvez tenha algumas sugestões.
    Vou fazer umas experiências, mas nos dias de hoje com módulos rádio super baratos e com a diminuição de consumo dos equipamentos de IoT, distribuir sensores por todo o lado e ter acesso aos dados é cada vez mais fácil :).

    Continuação de bom trabalho ;)

{ 0 Pingbacks/Trackbacks }

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *