Biblioteca única para o seu XMBC… Quase

XBMC Media Center

XBMC Media Center

O processo de criar a nova base de dados em MySQL no Raspberry Pi foi praticamente como estava descrito, mas não funcionou como esperado. A configuração de acesos à nova base de dados fica num ficheiro que tem de ser colocado no perfil do utilizador que arranca o XBMC. Uma vez lá colocado o ficheiro era suposto aceder aos mesmo dados que configurei no computador. A criação do ficheiro de definições avançada e a sua ativação é imediata com a colocação do ficheiro na pasta indicada. Quando correu mal, foi só ir lá removê-lo.

A grande vantagem disto tudo era que, sendo o Raspberry Pi mais lento que o meu core i7 para fazer as mesmas tarefas, tencionava configurar os dados no computador e deixar a replicação das configurações correr para os outros XBMC. Configurar tudo é bastante mais rápido do computador, até porque do computador não há a latência do comando à distância.

O problema foi que o XBMC do Raspberry Pi, depois desta configuração, dá um erro com o MySQL que não tinha detalhe suficiente para perceber como corrigir. Quando tentava atualizar os dados, não ficava nada registado. Perdi algum tempo de roda das instruções na Internet para construir esta integração, e quando falhei redondamente deixei aqui o pedido de ajuda.

A ajuda apareceu na caixa de comentários pelo amigo Isaac S. que passou por lá para referir 2 add ons do XBMC que podiam fazer o truque:

Dois add-ons para ajudar a automatizar a questão:
– XBMC Library Auto Update (http://wiki.xbmc.org/index.php?title=Add-on:XBMC_Library_Auto_Update);
– WatchedList Addon for XBMC (https://code.google.com/p/xbmc-addon-service-watchedlist/).

O 1º torna periódicas as verificações das fontes e a actualização da base de dados. Muitas configurações, incluindo a frequência da actualização.

O 2º cria um ficheiro (base de dados?) com o estado visto/não visto de cada vídeo. O dito ficheiro pode ser utilizado por várias instalações do XMBC ficando sincronizado o estado visto/não visto. Também por ser feito correr de forma periódica.

O add-on XBMC_Library_Auto_Update é instalado a partir dos menus de configuração de add-ons. Faz parte dos repositórios de add-ons que são instalados por omissão e por isso é só escolher e configurar. Vão encontrá-lo classificado nos add-ons do XBMC como sendo um Programa.

O add-on WatchedList já não é tão direto. Para instalar este add-on é preciso primeiro configurar o repositório SuperRepo, um repositório de add-ons exterior ao projeto XBMC. O repositório adiciona-se de várias formas. Optei por fazer download do ficheiro zip e colocá-lo numa pasta chamada XBMC raiz do disco externo onde tenho os ficheiros partilhados. Depois é ir lá com o XBMC onde o queremos instalar usando a opção de instalar um add-on a partir de um zip.

Depois de instalado o add-on pode ser necessário forçar a atualização antes dos novos add-ons aparecerem na lista. Uma vez que a lista esteja atualizada têm agora tantos add-ons que o melhor é procurarem pelo WatchedList a partir da opção Search/Procurar. No final vão ter de escolher colocar a base de dados num local que saibam onde ir buscar a partir dos outros XBMC. No meu caso, coloquei o ficheiro na mesma pasta da drive partilhada.

A atualização não é imediata porque depende do ficheiro ser atualizado e depois ser lido, mas já e melhor que nada. Podemos até aumentar a periodicidade de leitura da lista de vistos e não vistos, mas ainda assim será sempre em diferido. A opção ideal seria mesmo um serviço no próprio XBMC que permitisse a comunicação entre eles, mas talvez assim seja preferível. Nós sabemos o que pode acontecer quando os equipamentos começam a conversar uns com os outros.

Até ao momento ainda não consegui que o XBMC do Raspeberry Pi atualizasse os vistos e não vistos pelo WatchedList. Coloquei o ficheiro no disco partilhado pelo Router Wifi, mas o XBCM reporta um erro de acesso que ainda não apurei a origem.

Tags: ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *