Como detectar fugas de calor?

Temos falado aqui muito sobre como evitar as fugas de calor. Mas um pormenor importante é detectar essas fugas de calor! Quando a casa ainda não está bem calefetada, essa tarefa é inicialmente mais simples. Mas, à medida que vamos fechando essas fugas, a descoberta das restantes torna-se mais difícil…

É possível contratar serviços especializados, e realizar mesmo auditorias energéticas. Mas essas soluções têm normalmente um custo significativo. A estratégia seguinte foi a que eu utilizei para detectar muitas fugas de calor e entradas de ar frio, dentro da nossa casa.

O primeiro passo é despressurizar a casa, quando ela está totalmente fechada. Tal só é possível quando possui algum sistema de ventilação mecânico, como é o caso de ventoinhas de casas de banho, ou então um exaustor na cozinha. Eventualmente um aspirador também faz o serviço, mas não será fácil fazê-lo de forma eficiente em nossas casas, dado que é tipicamente necessário accioná-lo do exterior, e garantir que a passagem do tubo de aspiração está hermeticamente selada.

O passo seguinte é munir-se de um pau de incenso. Em todos os locais onde fugas de ar estejam a ocorrer, o fumo do incenso sofrerá uma orientação diferenciada. No caso de despressurização, tenderá a apanhar locais onde o ar exterior estará a entrar, pelo que o fumo tenderá a evidenciar esse facto! Procure nos vários locais prováveis, como as janelas e portas, mas também noutros locais mais exóticos, como a dos locais de entradas de canos, de cabos de antenas de televisão e cabos telefónicos, ares condicionados, e mesmo os buracos das fechaduras

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *