Dióxido de Carbono onde menos se espera?

Nos últimos anos temos ouvido falar muito do dióxido de carbono. O mau da fita do Aquecimento Global… Por causa dele, temos tido muitas confusões e muitas implicações económicas. Uma das mais notórias diz respeito à energia eólica, cuja existência tem sido o principal factor para o aumento da electricidade em Portugal…

Ontem, na BBC descobri uma notícia particularmente interessante! Aparentemente, há um satélite aí por cima de nós a detectar as emissões de dióxido de carbono! E quando se esperava que iria encontrar o CO2 por cima dos sítios onde supostamente mais se polui, descobriu-se que afinal as emissões estão sobretudo por cima das queimadas do Brasil, África e Indonésia! Na China, não foi propriamente uma novidade:

Locais onde há mais CO2

Locais onde há mais CO2

Por cá, andamos numa de fiscalidade verde. Como é fácil de perceber, andamos a ser enganados! Mas como o satélite revela uma verdade inconveniente, ou vai deixar de funcionar, ou deixar de mandar dados cá para baixo…

Tags:

{ 1 comment to read ... please submit second! }

  1. É preciso é ver qual a origem do CO2.

    Se é de queimadas, está a produzir-se CO2 que tinha sido captado da atmosfera há menos de 100 anos e que em muitos casos será capturado novamente. Em muitas zonas selvagem o fogo faz mesmo parte do ciclo natural.

    Outra coisa é produzir CO2 com base em combustíveis fosseis, que foi sendo retirado da atmosfera ao longo de milhões de anos, levando ao equilíbrio climático que ainda vai existindo actualmente.

    Por essa razão é melhor queimar uma tonelada de lenha que um litro de gasolina, desde que as florestas de onde foi retirada a lenha sejam novamente plantadas.

    Outro problema é a destruição das florestas…mas essa destruição existe para satisfazer os níveis de consumo dos países desenvolvidos. Carne, soja, madeiras, etc.

{ 0 Pingbacks/Trackbacks }

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *