You are currently browsing the Poupar Melhor posts tagged: meteorologia


Previsões do IPMA na linha da frente!

Este fim de semana foi um bocado atípico. Sabia pelas previsões de tempo que vinha aí a chuva. Nesse sentido, preparei-me fazendo limpezas e mais algumas coisas de prevenção. As previsões que vira durante o Domingo, levantavam-me todavia uma grande dúvida: segundo o IPMA, a chuva ia começar na madrugada de segunda-feira, e ía ser forte durante essa mesma madrugada, chovendo durante o resto do dia. Mas, segundo o site do IST, site que utilizo em vários contextos, a chuva só começaria mesmo ao final do dia de segunda-feira!?

Não liguei muito ao assunto. Afinal, estava numa de prevenção pessoal.

Ontem, de manhã, quando acordo, fiquei surpreendido em ver o chão seco! Aliás, algo que tinha que fazer antes de ir para o emprego, ficou logo com planeamento confuso. Mas, a vida prosseguiu…

A caminho do emprego, quando ouço as notícias, e vejo as desgraças associadas aos fogos florestais, e ao facto de eles se manterem, fez-me associar que talvez também não tivesse chovido no resto do País.

Uma consulta rápida ao telemóvel permitiu-me constatar que a página do IPMA do dia anterior não desaparecera ainda:

Previsão do IPMA ao final de Domingo

A pensar nas previsões do IST, tirei também logo um printscreen da previsão da manhã. Como podem ver, a previsão então era que começasse a chover ao início da tarde:

Previsão do IPMA ao início da manhã de ontem

Não tardou muito para que a chuva levasse outro chuto, neste caso de 6 horas:

Previsão do IPMA a meio da manhã de ontem

Entretanto, lembrei-me de ir ver se estava efetivamente a chover, ou não. As imagens do radar do IPMA diziam que sim:

Quando de seguida fui ver quantos mm de chuva tinha efetivamente chovido, qual não é a minha surpresa com a quase totalidade ausência de chuva???

Chove, não chove, talvez chova? Enfim, há muito a investigar neste IPMA.

Não é preciso pesquisar muito na Internet para descobrir que estas previsões são possíveis porque o IPMA adquiriu em 2014 o supercomputador P7, que custou uns módicos 800.000,00 euros, e que produz estas previsões que a Ministra Assunção Cristas na altura dizia colocarem o IPMA “na linha da frente”…  As mesmas previsões que permitiram induziram ao Primeiro Ministro a dizer ante-ontem, dia 16 de outubro, ( pelas 02:30 da madrugada que “as previsões da evolução meteorológica podem permitir alguma esperança nas zonas do litoral”. Foi o que se viu… As primeiras chuvas só chegaram ontem pouco antes das 22 horas.

(Revisto dia 18 de outubro de 2017)

Temperatura da água do mar

A temperatura da água do mar é um tema recorrente nesta altura do ano, sobretudo porque as queixas abundam… Da minha experiência no fim de semana passado, e do que vou ouvindo, a coisa está fria… Parece que é para repetir as temperaturas de há dois anos atrás

Neste artigo vamos deixar os apontadores que temos referenciado no passado, e onde podem ver com mais detalhe a evolução da temperatura da água do mar. A temperatura da água do mar em Portugal pode ser obtida a partir desta página do IPMA, e como podem ver esta previsão para amanhã, as águas frias abundam em toda a costa oeste portuguesa, sendo um pouco mais quentinhas no Algarve:

Temperatura água mar em Portugal

O Instituto Hidrográfico também disponibiliza informação sobre a temperatura da água do mar em algumas localizações da costa Portuguesa. O exemplo abaixo é relativo a Sines, e evidencia como no último mês a temperatura da água do mar tem estado como na Primavera, tendo afundado ainda mais nas últimas horas, para valores dignos do Inverno:

Temperatura água mar em Sines

Em termos da Península Ibérica, o site do AEMET providencia dados que abrangem não só a realidade Portuguesa, mas também toda a costa espanhola. Como podem ver, toda a zona em redor de Benidorm está uma autêntica “sopa”:

Temperatura água mar na Península Ibérica

Quem tem a possibilidade de se deslocar para o Mediterrâneo pode encontrar águas bem quentinhas em vários locais. No site da SOCIB podem encontrar um mapa de temperaturas para grande parte do Mediterrâneo. Para obter a temperatura verdadeira, há que fazer a conversao entre Kelvin e Celsius, ie. subtrair 273.15 para obter o valor da temperatura em graus Celsius. Ao largo da Tunisia estao cerca de 31ºC:

Temperatura água mar no mediterrâneo

Em termos mundiais, o site que referimos neste artigo, permite-nos ver a temperatura da água do mar no nosso planeta Terra. Só dá as temperaturas ao largo das praias, mas mesmo assim dá para perceber que as temperaturas mais quentinhas neste momento serão no Golfo Pérsico, superiores a 35ºC …

Temperatura água mar no planeta

Trovoadazinha em Lisboa

Ontem uma das notícias do dia era relativa à trovoada que se havia abatido sobre o País… Curiosamente, não fui acordado pela trovoada, mas por um alarme que despertou em função dela. É já a segunda vez que os alarmes tecnológicos me acordam esta semana, mas enquanto na madrugada de terça-feira consegui correlacionar três eventos estranhíssimos, na madrugada de ontem não fui capaz…

Só ao final do dia de ontem é que consegui correlacionar a informação. O alarme havia disparado em função do trovão? Fui ver logo ao site do IPMA, onde sabia existir uma página que enumera este fenómeno. Surpresa a minha quando havia apenas alguns à volta de Lisboa:

Trovoadas em Lisboa

Enfim, nada que se compare ao resto do País:

Trovoadas no País

O mesmo cenário pode ser comprovado no site lightningmaps.org:

Trovoadas em Portugal

Enfim, o que me faz pensar que foi só uma amostrazinha para os Lisboetas… Nada como na minha infância, passada em locais onde havia trovoadas a sério! Enfim, talvez este seja um reflexo positivo das Alterações Climáticas, o de não estarmos já coletivamente habituados a coisas normais do passado? O que não é todavia nada positivo é ser acordado pelos sensores, e não pelo ruído sentido!!!

Fake news

O termo Fake News está na moda. É apenas a iteracção mais recente de uma onda que grassa pela Internet pela enésima vez, e esta não será a última…

Nos meus anos iniciais da Internet, aí até 1995, assisti ao crescimento de uma rede, na altura completamente underground. Durante esse período, assisti na primeira linha à perseguição que foi feita à Internet em Portugal. A Internet era supostamente uma coisa muito má, e que já na altura ia contra os interesses de muita boa gente. Cá dentro, mas também lá fora.

A Internet continuou a ser uma coisa muito má. Para muita gente. Também para os Media. E não espanta que seja gente influente a puxar por esta questão do Fake News… Vamos então a um exemplo muito concreto de Fake News…

Ontem, ao início da manhã, tropecei numa notícia muito gira, que diz que nevou no deserto do Sahara, e que terá sido a primeira vez em quase 40 anos que as montanhas se cobriram de branco. O domínio do clima é um dos exemplos perfeitos de Fake News, mas eu sou suspeito, porque não me lembro regra geral do tempo de há mais de 24 horas…

Ora, numa altura em que o domínio é da teoria do Aquecimento Global, pareceu-me que havia gato… O link do Observador é para o Telegraph, um jornal de referência. Este, por sua vez, linka para um site de Ciência, e procurando um pouco mais na Internet vê-se como a história está fundamentada nesta que parece a fonte original.

Acontece que há um problema com todos estes Media de referência. Ninguém sequer parece ter-se importunado em entrevistar o fotógrafo que tirou as fotos. Há pelo menos uma excepção que encontrei na Internet, juro que dois minutos depois de ler a notícia original do Observador. Sabendo que não ia conseguir facilmente ver sites em Árabe, tentei a minha sorte em Espanhol, pois conheço bem as maiores afinidades dos jornalistas do país vizinho com o Norte de África.

A verdadeira notícia encontrei-a no El Pais, onde um jornalista se lembrou de entrevistar efectivamente o fotógrafo. E o que disse o fotógrafo?

  • En verano hace calor, pero en invierno pasamos muchísimo frío
  • No es la primera vez que hago fotos de mi ciudad nevada. Hace tres años también nevó
  • Dicen que hace casi cuarenta años que no nieva en el Sáhara. No nieva todos los años, pero sí sucede de vez en cuando. Es raro, pero no rarísimo

Um meteorologista entrevistado alinha pelo mesmo diapasão:

  • La nieve en el Sáhara no es normal, pero no es tan extraña. Las nevadas en esta ciudad argelina pueden deberse a la gota fría que se originó al oeste de Portugal el pasado viernes. Ese temporal ha viajado por el norte de África, pasando de Marruecos a Argelia
  • pero es falso que en 37 años no haya nevado en este desierto

O artigo termina ainda com exemplos que parecem regurgitar Fake News. Como este exemplo. E outro que se descobre depressa. Vai-se a ver e neva muito mais no deserto que em Lisboa! E se ficasse aqui mais um bocadinho, de certeza que encontrava mais…

Da próxima vez que ouvirem falar de Fake News, e culparem o Zé Povinho que anda no Facebook, entre outros, lembrem-se que hoje em dia quase todos propagamos Fake News muito rapidamente! E para que fique aqui mais uma lista de sites com Fake News, deixo aqui exemplos evidentes:

Actualização: As fake news chegaram à NASA, que não só se refere também ao hiato entre 1979 e o presente, como ainda por cima recomenda a leituras das fake news dos Media! O problema deste site da NASA é que deviam ter olhado para outros sites da NASA, como este que relata o nevão de 2005. Uma pesquisa rápida pela Internet revela caídas de neve substanciais em anos recentes, como o 2005 já referenciado, 2008 e também 2012 (já linkado acima), com fotos aqui. É mesmo possível observar vídeos no Youtube do último evento de neve de Ain Sefra em 2012, bastando procurar no Youtube pelos termos “Ain Sefra neige”. Um exemplo é o seguinte:

Fogos

Quando há uma semana previ que vinha aí muito calor, imaginei logo o que vinha com ele. Com o vento de leste associado, estavam criadas as condições ideais para os fogos florestais em Portugal. Portugal, que lidera vergonhosamente na Europa neste tema, conforme podem ver neste artigo de Joao Miguel Tavares, que penso referenciar este estudo da Comissão Europeia.

No meio da informação que recolhi por estes dias, devo realçar o site fogos.pt, (dados retirados da Autoridade Nacional de Protecção Civil) onde é possível ver em tempo real o estado dos fogos em Portugal. O que mais me surpreendeu foi a precisão, que inferi da absoluta correcta localização de dois fogos em concreto. Como e porque nasceu não me surpreendeu nada! Fica pois como uma referência…

Poupança à venezuelana

Imagem do DN de hoje

Imagem do DN de hoje

Por cá, ficamos chateados quando os governantes acham que têm o direito a dizer-nos como devemos poupar. Noutros países, será algo semelhante. Mas, nada como na Venezuela… Já sabia de umas histórias tristes sobre a Venezuela, mas este artigo da Wired somou mais algumas…

Muitas das histórias mais recentes estão obviamente relacionadas com a descida do preço do petróleo. Mas, num país com as maiores reservas mundiais, essa explicação só explica a falta de previdência anterior…

Na Páscoa, o Presidente Maduro decretou três dias feriados. Para poupar electricidade e água. Como as poupanças não foram muito grandes, as sextas-feiras passaram a ser feriados. Como isso também não resolveu o problema, esta semana foi decretado que os funcionários públicos passam a ter um fim de semana de 5 dias, trabalhando os restantes dois.

As técnicas de poupança avançadas por Maduro são realmente geniais! As mulheres devem evitar utilizar os secadores de cabelo. Melhor, para Maduro “uma mulher fica mais bonita quando ela penteia o cabelo com os dedos e, em seguida, deixa o cabelo secar naturalmente“. E, já agora, nada de secar roupa e passar a ferro

Enquanto no resto do Mundo se questiona da validade da mudança da hora, a Venezuela vai mudar no próximo fim de semana os ponteiros em 30 minutos. Para quem tem Linux, é fácil!

Como os centros comerciais lá do síto também se portaram mal, vão receber um castigo: racionamento de electricidade! Mas, porque é que se portaram mal? Porque não têm instalados geradores de electricidade a partir de combustíveis fósseis! Aposto, que se um ambientalista radical lê esta, lhe ocorre um curto-circuito mental!

Uma das últimas técnicas de poupança é a do racionamento global de electricidade. Para já, a electricidade vai ser desligada 4 horas por dia em 10 dos estados mais populosos. Durante 40 dias. As horas de suspensão estão a ser publicadas em jornais e nos sites ministeriais. E os hábitos das pessoas regressam várias décadas para trás.

O pior está todavia ainda para vir. Quando se acabar a cerveja, não sei não. Passa-se a beber apenas em ocasiões especiais, tipo aniversários e batizados, sim porque em feriados não pode ser, até porque são cada vez mais!

Curioso, é que tudo isto, para o Governo da Venezuela, é culpa do El Niño. O problema é que este ano é apenas uma reedição ainda mais negra do ocorrido em 2010. Na verdade, não é apenas a falta de água na barragem de Guri, mas a extrema má gestão do sistema eléctrico. Até porque a energia hidroeléctrica representa apenas dois terços do total de energia eléctrica produzida, sendo que a restante, produzida a partir de combustíveis fósseis, sofre também de problemas avassaladores… Como é o exemplo de Planta Centro, a maior central termoeléctrica do seu tipo na América Central e da América do Sul. A qual não produz electricidade há vários meses