Como colocar loiça na máquina de lavar

A forma como colocamos a loiça na máquina de lavar tem um impacto muito significativo na qualidade da lavagem. Curiosamente, são muitos os pormenores que condicionam essa lavagem, pelo que os iremos abordando em artigos subsequentes.

Vamos começar esta série por uma dúvida bastante habitual: qual o nível de pré-lavagem que devemos efectuar manualmente? Já li bastante sobre o assunto, mas a ideia que prevalece é que uma máquina de lavar loiça faz uma coisa bem: lavar loiça! Se fizermos uma pré-lavagem exagerada, arriscamo-nos a gastar mais água à mão que a própria máquina… É que as máquinas realmente consomem pouca água.

Importante, importante é que a loiça não seja colocada com resíduos, até porque interessa preservar os filtros. Mas nem sequer é necessário passá-la por água. Cá em casa, sou eu que habitualmente faço esse serviço, e cada vez mais dispenso a água nesse processo. Numa primeira fase utilizo algo suave (eg. colher de plástico) para retirar os restos de maior dimensão, e depois utilizo os guardanapos utilizados para limpar algo mais. Isso inclui todas as partículas, mesmo algumas mais pequenas como grãos de arroz. Restos que se diluem, como puré, por exemplo, são menos complicados.

Para alguns tipos de restos, o cuidado tem que ser maior. Isso inclui alimentos que se colam, como é o caso do ovo, do queijo, ou de uma forma geral algo mais queimado. Aí, o truque é deixá-lo a marinar um pouco em água, em vez de estar a utilizar água corrente. Passado uns minutos já saem mais facilmente, enquanto entretanto se arrumou o resto da cozinha…

Tags:

{ 2 comments to read ... please submit one more! }

{ 2 Pingbacks/Trackbacks }

  1. O braço pulverizador » Poupar Melhor
  1. Compreender melhor a máquina de lavar louça » Poupar Melhor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *